Empreendedorismo

Linkedin abre alguns de seus cursos mais procurados gratuitamente em setembro

por: Kauê Vieira

A fim de oferecer suporte e conhecimento em um momento tão complexo quanto o da atual pandemia – no qual estudos e trabalhos se tornaram exclusivamente remotos na maior parte dos casos –, o Linkedin decidiu ajudar quem deseja aprimorar seus conhecimentos e até mesmo seu currículo oferecendo gratuitamente os cursos mais populares da plataforma. A novidade tem prazo de vencimento determinado: com duração até o dia 30 de setembro, a oportunidade oferece livre acesso aos 20 cursos mais populares do Linkedin.

“3 milhões de pessoas assistiram a esses cursos”

Se durante a pandemia a procura por cursos remotos naturalmente se ampliou, os materiais educacionais já eram anteriormente uma das mais populares atrações do Linkedin. Por mensalidade de US$ 29,99 dólares (ou US$ 24,99 em planos anuais) os usuários têm acesso a mais de 10 mil cursos ministrados por especialistas em áreas diversas dentro da plataforma Linkedin Learning. Naturalmente que as circunstâncias do novo coronavírus influenciaram a busca, e entre os cursos mais populares estão aulas de como trabalhar de casa e organizar seu cronograma, maximizando sua produtividade sem abandonar as responsabilidades cotidianas.

“Organização do tempo: trabalhando de casa” é o tema do curso mais popular do momento

Mas não somente: estão também na lista cursos como “Communicating with Confidence” (Comunicando com confiança, em tradução livre) de Jeff Ansell, “Improving your Listening Skills” (Melhorando suas habilidades de escuta, em tradução livre), de Dorie Clark, e “Developing Your Emotional Intelligence” (Desenvolvendo sua inteligência emocional, em tradução livre) de Gemma Leigh Roberts, entre outros. Segundo comunicado da plataforma, mais de três milhões de pessoas já completaram seus cursos mais populares, e a procura triplicou desde o início do ano.

“Como trabalhar remotamente”

“Desenvolvendo sua inteligência emocional”

O processo é tão simples quanto possível: basta acessar a lista dos 20 cursos mais populares do Linkedin, escolher o que deseja estudar, e pronto: não é preciso sequer possuir uma conta na plataforma para estudar. Vale lembrar, porém, que o acesso livre aos cursos só vai até o dia 30 de setembro.

“Comunicando com confiança”

Publicidade

© fotos: reprodução


Kauê Vieira
Nascido na periferia da zona sul de São Paulo, Kauê Vieira é jornalista desde que se conhece por gente. Apaixonado pela profissão, acumula 10 anos de carreira, com destaque para passagens pela área de cultura. Foi coordenador de comunicação do Projeto Afreaka, idealizou duas edições de um festival promovendo encontros entre Brasil e África contemporânea, além de ter participado da produção de um livro paradidático sobre o ensino de África nas Escolas. Acumula ainda duas passagens pelo Portal Terra. Por fim, ao lado de suas funções no Hypeness, ministra um curso sobre mídia e representatividade e outras coisinhas mais.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Linkedin cresceu com pandemia e estes são os cursos mais procurados nos últimos 12 meses