Debate

Mariana Ferrer: advogado usou fotos sensuais para desqualificar vítima, diz ND+. ; Dedinho na boquinha’

por: Redação Hypeness

O site nd+ teve acesso com exclusividade a documentos do processo que inocentou André Aranha após acusação de estupro de Mariana Ferrer. O caso, que ganhou repercussão nacional, tem gerado polêmicas pela inocência do acusado, mesmo com provas e testemunhos em favor da vítima.

– Mariana Ferrer: André Aranha, acusado de estuprar jovem no Cafe de la Musique, é absolvido

Imagens obtidas pelo nd+ mostram acusações graves do advogado de André Bastos Aranha

Advogado fez indagações sexistas: ‘Com o dedinho na boquinha’

O nd+, publicação local catarinense, teve acesso aos vídeos da reunião e aos autos do processo que corre em segredo de Justiça. Segundo o site, o advogado de defesa de André Aranha, Gastão Cláudio Gastão da Rosa Filho, fez comentários sexistas sobre a vítima: enquanto o defensor do acusado de estupro mostra as fotos, ele narra que a blogueira está ‘com o dedinho na boquinha’.

Além disso, diz que as poses de fotos são ‘ginecológicas‘. Posteriormente, o advogado diz: “por que você apaga essas fotos e deixa só a carinha de choro como se fosse uma santa, só falta uma auréola na cabeça?”.

Mariana questionou as palavras do advogado durante a audiência. “Muito bonita [a foto], por sinal o senhor disse né, cometendo assédio moral contra mim, o senhor tem idade pra ser meu pai, o senhor tem que se ater aos fatos”, disse Mariana. “Graças a Deus eu não tenho uma filha do teu nível, graças a Deus, e também peço a Deus que meu filho não encontre uma mulher feito você”, falou Gastão.

– Jovem estuprada no Cafe de La Musique diz que abusador fez Instagram remover sua conta

A matéria completa do Nd+ mostra ainda outras questões duvidosas, como o termo jurídico ‘estupro culposo‘. Segundo o promotor de justiça Thiago Carriço de Oliveira, André Aranha estuprou, mas “sem a intenção de estuprar”. Além disso, o fato de Mariana Ferrer ser menor de idade foi desconsiderado por ela ‘aparentar‘ ser maior de 18 anos.

A defesa lamentou o andamento do caso e o Ministério Público afirmou que não haviam provas consistentes para aplicar uma condenação contra Aranha, mesmo com inquérito policial atestando a existência de diversas provas do incidente.

Publicidade

Fotos: Reprodução/ND+


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Velhas grávidas: Anna Radchenko combate etarismo com ensaio fotográfico ‘Avós’