Debate

Matrix: uso de óculos de sol por personagens pode ser mais do que uma questão estética

por: Vitor Paiva

Além de sua incrível e complexa trama, das questões filosóficas e existências que foi capaz de levantar e das revoluções tecnológicas e cinematográficas que apresentou em sua feitura, parte do sucesso do filme Matrix – escrito e dirigido pelas Wachowskis em 1999 – se deve também ao seu imenso impacto visual, através das roupas e do figurino dos personagens – e tal impacto não seria o mesmo sem os icônicos óculos escuros usados no filme. Mas, para além do estilo e do charme cool que oferecem, tudo em Matrix parece possuir um sentido mais profundo e simbólico, e com os óculos escuros não seria diferente.

Trinity, Neo e Morpheus vestindo seus óculos

É isso ao menos que pesquisadores e fãs mais aguerridos especulam, já que não há qualquer confirmação oficial por parte das irmãs diretores a respeito do significado dos óculos escuros. Em meio aos conceitos de mundo simulado e mundo real, aos casacos de couro, as dobras no tempo e no espaço, e tudo mais que tornam esse um dos mais emblemáticos filmes em todos os tempos, será possível que os óculos estejam em cena somente por sua força fashion?

O primeiro fato gritante é que eles aparecem essencialmente no mundo simulado, no rosto dos personagens emancipados – que sabem que aquilo se trata de uma simulação, como Neo, Trinity e Morpheus, assim como os agentes Smith e os Gêmeos.

Agente Smith, também de óculos

É claro que os óculos não fazem diferença para manipular ou se mover pela Matrix, mas parecem sim funcionar como um símbolo de emancipação na história: não seria por acaso, assim, que quando Neo e Morpheus se encontram pela primeira vez, o segundo está usando óculos e o primeiro não – e as pílulas azul e vermelha aparecem refletidas justamente nas lentes de Morpheus. Da mesma forma, na clássica cena da colher, em que justamente a questão da realidade e da simulação é enfrentada por Neo, o personagem se encontra sem os óculos.

As pílulas refletidas

A simbologia, portanto, seria em irônico paradoxo: quem tem os olhos livres e descobertos é quem estaria cego para a verdade, enquanto quem esconde os olhos atrás de lentes escuras é quem de fato enxerga.

Ao mesmo tempo, porém, personagens como O Arquiteto e a Oráculo não usam óculos, o que pode, segundo as mesmas especulações, oferecem um sentido ainda mais profundo para tal alegoria: ainda que saibam da existência da Matrix, personagens como Neo, Trinity e Morpheus não sabem de seu propósito e da história por trás  – não sabem de tudo.

A personagem Oráculo – sem óculos

Neo, antes de saber a verdade sobre Matrix

Seja como for, o fato é que os óculos fazem parte da mitologia do filme – e dos tantos motivos que fizeram de Matrix um momento singular na história do cinema.

Publicidade

© fotos: reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Bolsonaro nega anúncio de vacina do Ministério da Saúde: ‘Não compraremos vacina da China’