Futuro

Prática de meditação cresce em meio à pandemia de Covid-19

por: Gabriela Glette

Patrocinado por: Namore-se

Consequência da vida cada vez mais acelerada que levamos, segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde, 1 em cada 4 pessoas será afetada pelo transtorno de ansiedade em alguma fase da vida. Lidar com nossas emoções e manter a saúde mental hoje já é um desafio e tanto, mas o quadro piora consideravelmente em tempos de pandemia do coronavírus. Em meio à tantas inseguranças, no entanto, as pessoas têm buscado conforto na meditação, cuja prática tem crescido nas últimas semanas.

– 6 apps para meditar durante a quarentena

meditação coronavírus 1

Sem poder sair de casa devido à quarentena, estudos mostram que aplicativos de meditação guiada estão vendo um pico nos downloads. Por causa deste sucesso, repentino mas não inesperado, a App Store da Apple passou a apresentar uma seção de Meditação Guiada em sua página inicial, incentivando os usuários a “encontrar tempo para cuidar de si”.

meditação coronavírus 2

Aplicativos como Calm e Headspace agora estão sendo instalados por pessoas do mundo inteiro. De acordo com o App Annie, um programa que rastreia downloads de aplicativos, o app Breethe subiu 31 posições no ranking de saúde e fitness na última semana, enquanto o BetterMe, outro aplicativo de meditação, saltou 70 pontos.

meditação coronavírus 3

Deborah Hyun, vice-presidente de marketing global da Headspace, disse que o número de pessoas que concluíram a meditação “Estressada” aumentou 13 vezes em comparação aos 30 dias anteriores, e nove vezes mais pessoas concluíram a sessão “Reestruturando a ansiedade”.

meditação coronavírus 4

Ainda segundo Hyun, os números mostram claramente a realidade diante do surto: “Nosso sistema de saúde está enfrentando imensa pressão em meio ao surto de COVID-19 e, em particular, estamos vendo um estresse, ansiedade e esgotamento incríveis entre os profissionais de saúde. É crucial para nós encontrarmos maneiras de apoiar a saúde mental de nossos profissionais de saúde e fornecer a eles ferramentas para gerenciar o número pessoal muito real que esta crise afeta particularmente”.

Publicidade

Fotos 1, 2 e 3: Unsplash

Foto 4: Getty Images


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!


X
Próxima notícia Hypeness:
Esta escola na Espanha decidiu ensinar equidade de gênero (na prática) para meninos