Debate

Tim Lopes, assassinado por Elias Maluco, foi um dos jornalistas mais importantes de seu tempo

por: Redação Hypeness

A morte de Elias Maluco provocou surpresa e trouxe lembranças do passado. Conhecido por muita gente como um dos principais traficantes de drogas do Rio de Janeiro, o homem foi encontrado sem vida na Penitenciária Federal de Catanduvas, no oeste do Paraná. De acordo com informações do UOL, Elias Maluco tinha sinais de enforcamento.

– Policial gay que ouviu que precisava ser discreto ganha R$ 44 milhões

O traficante estava preso desde 2002 pelo assassinato do jornalista Tim Lopes, sequestrado durante reportagem para a TV Globo na Vila Cruzeiro, também no Rio de Janeiro. Elias recebeu ainda condenação por lavagem de dinheiro e associação para o tráfico de drogas. O óbito foi confirmado pelo Depen (Departamento Penitenciário Nacional) e será investigado pela Polícia Federal. 

Elias Maluco, encontrado morto em presídio do Paraná

O caso Tim Lopes

Gaúcho de Pelotas, Tim Lopes era um dos jornalistas mais importantes da TV Globo. Seu trabalho não era na frente das câmeras, mas nos bastidores. Foi assim que Tim, que chegou a se fantasiar de Papai Noel para investigar denúncias, acabou perdendo a vida. O jornalista realizava uma reportagem sobre abuso sexual de menores e tráfico de drogas em um baile funk na Vila Cruzeiro, onde foi encontrado e apreendido pelos criminosos. O ano era 2002 e Tim nunca mais viu a luz do dia. Pior, foi torturado e morto em um método cruel conhecido como microondas – quando o corpo é colocado em uma fogueira de pneus. 

O exame de DNA confirmou o óbito do profissional em 5 de julho de 2002 e Tim Lopes foi enterrado dois dias depois. O caso ganhou repercussão mundial por expôs os riscos de exercer a profissão de jornalista no Brasil.

– Jovem deixa a profissão de jornalista para ajudar quem quer produzir comida saudável em casa

Tim Lopes perdeu a vida quando tinha mais de 30 anos de uma carreira concentrada em reportagens que buscavam denunciar a violência que ainda toma conta das grandes cidades brasileiras. Seu objetivo era lutar contra a desigualdade social que tirava e segue ceifando a vida dos menos favorecidos. O profissional formado pela Faculdades Hélio Alonso (Facha) passou pelo jornal O Globo, O Dia, Jornal do Brasil, Folha de São Paulo e na revista Placar. 

Elias Maluco foi preso pela morte do jornalista Tim Lopes, em 2002

Defesa questionava envolvimento de Elias Maluco na morte de Tim Lopes 

Elias Maluco foi condenado a 28 anos e seis meses de prisão em 25 de maio de 2005. Recentemente, a defesa questionou a participação do traficante no assassinato de Tim. Conforme mostrou o UOL, a advogada Alexandra Oliveira Menezes desejava reviver o inquérito contra Elias Pereira da Silva.

– William Bonner recebe ameaças no celular; No DF, jornalistas deixam cobertura por falta de segurança

A justificativa seria de que o traficante encontrado morto no Paraná estaria fora do Rio de Janeiro no dia do homicídio. A defesa diz ainda que a ossada encontrada pode não ser a do jornalista. A primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou pedido de liberdade de Elias Maluco em outubro de 2019. Tim Lopes deixou esposa e um filho, além de carreira brilhante que serve de inspiração para gerações futuras de jornalistas que entendem a importância da profissão na manutenção da democracia e luta por liberdade. 

Publicidade

Fotos: foto 1: Reprodução/TV Globo/foto 2: Arquivo de Família/Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Após perder papel em novela por racismo Dani Suzuki retorna à Globo