Debate

Apresentadora do Xbox BR sofre ameaças machistas e é demitida por Microsoft

por: Redação Hypeness

A Microsoft decidiu demitir a apresentadora Isadora Basile do canal do Xbox BR. A comunicadora foi contratada em setembro e segundo comunicado oficial, foi demitida por estar sofrendo com ameaças machistas e assédio constante. A empresa afirma que fez uma “mudança de estratégia”. O episódio revela o machismo presente na comunidade gamer e mostra o quanto as empresas e o público precisam se atualizar.

Isadora chegou a gravar apenas sete vídeos para a Xbox News. Muitos internautas apontaram que ela sequer teve tempo de se adaptar ao novo emprego, sendo demitida com cerca de um mês e meio de casa (nem o famoso período de experiência de um contrato CLT).

– Argentino é banido após imitar macaco para brasileiros em transmissão online de esports

Isadora Basile sofreu constantes assédios durante sua breve passagem como apresentadora da Xbox Brasil

A publicação de Isadora explicando o porquê da demissão viralizou, alcançando mais de 120 mil likes no Twitter. “No início de setembro, quando anunciei meu novo trabalho, sofri ataques de todos os tipos, desde pessoas falando que eu não jogava jogo x ou y e por isso não era ‘digna’ do meu cargo, até ameaças de estupro, morte e julgamentos por expor situações mais tensas”, afirmou Basile em seu perfil no Twitter.

“Devido a todos esses ataques, a Microsoft encontrou como melhor opção me desligar do cargo de apresentadora para que eu não esteja mais exposta a situações como essas que se passaram”, afirmou.

– Documentário do Versus debate representatividade LGBT+ no mundo gamer

Muitos internautas criticaram a empresa pela falta de proteção jurídica e legal que poderia dar a uma mulher que está sendo vítima de machismo. A Microsoft não voltou atrás na decisão e reiterou o posicionamento da empresa através de nota. Pegou mal:

“Fizemos algumas mudanças em nossa estratégia de conteúdo original de Xbox no Brasil, resultando em menos canais. Agradecemos a Isadora Basile e a talentosa equipe da agência por sua criatividade e contribuição ao Xbox News. O portal Xbox Wire passa a ser nossa única fonte de notícias e conteúdo de alto impacto. O canal XboxBR continuará experimentando novas maneiras de entreter os gamers brasileiros”, disse a empresa no Twitter.

Em 2019, uma polêmica envolvendo Gabi Catuzzo, patrocinada da Razer no Brasil, aconteceu por motivos parecidos. Após falar que “homem é lixo” criticando um usuário do Twitter que a assediava, a Razer desligou a influenciadora. Literalmente, a mesma coisa: uma mulher demitida por reclamar do assédio que está sofrendo.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Twitter


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Criciúma: polícia prende 4 pessoas com R$ 800 mil deixados no chão por assaltantes