Arte

Ela registra as coisa que descobre na natureza em desenhos totalmente maravilhosos

por: Kauê Vieira

No passado, os livros de botânica, de animais e da natureza em geral eram ilustrados por pinturas nas quais artistas recriavam obras-de-arte naturais, como plantas e animais, em desenhos. É essa tradição que a inglesa Jo Brown vem retomando – e sem sair de sua casa: trabalhando em seu ateliê em Teignmouth, na Inglaterra, a artista recorre ao próprio jardim para novas descobertas naturais, como insetos, cogumelos ou plantas, que serão registradas nas páginas de seus cadernos.

A qualidade das ilustrações e a riqueza de detalhes no texto e nos próprios desenhos de Brown remonta ao trabalho de uma verdadeira gênia como a inglesa Margaret Mee, artista botânica que se especializou em plantas brasileiras e que também lutou pela salvação de nossas florestas. “Eu gosto de ilustrar o que encontro ao meu redor, que me interessa”, ela explicou. “Algumas das coisas que descobri são listadas como muito raras, algumas são comuns e encontradas em toda parte. Há muitas pequenas descobertas nos cadernos que podem passar desapercebidas, mas que em verdade são fascinantes”.

As ilustrações são criadas a partir de fotos tiradas por Brown – as coordenadas incluídas no alto das páginas apontam exatamente para o local onde as fotos foram registradas.

E como não poderia deixar de ser, um talento tal quilate vem sendo reconhecido, e além de Jo Brown vir se tornando grande sucesso nas redes, seu primeiro livro já está a caminho: Secrets of a Devon Wood: A Nature Journal será lançado em outubro, a partir dos desenhos, da caligrafia e das pesquisas da artista.

Publicidade

© artes: Jo Brown


Kauê Vieira
Nascido na periferia da zona sul de São Paulo, Kauê Vieira é jornalista desde que se conhece por gente. Apaixonado pela profissão, acumula 10 anos de carreira, com destaque para passagens pela área de cultura. Foi coordenador de comunicação do Projeto Afreaka, idealizou duas edições de um festival promovendo encontros entre Brasil e África contemporânea, além de ter participado da produção de um livro paradidático sobre o ensino de África nas Escolas. Acumula ainda duas passagens pelo Portal Terra. Por fim, ao lado de suas funções no Hypeness, ministra um curso sobre mídia e representatividade e outras coisinhas mais.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Um mundo de sonhos, aventuras tropicais e cogumelos nas ilustrações de Ceci Lam