Arte

Estudante descobre texto inédito de Machado de Assis e aquece debate sobre obras apócrifas

por: Redação Hypeness

A historiadora Cristiane Garcia Teixeira descobriu um texto apócrifo que, segundo ela, pode ser de autoria de Machado de Assis. Durante uma pesquisa para sua tese de mestrado, a pesquisadora encontrou algumas edições de uma antiga publicação jornalística na qual o jovem Machado colaborava, com textos assinados e não assinados. A descoberta ainda é levada como hipótese, mas a teoria é, segundo alguns especialistas, muito forte. As informações são do UOL Tab.

– Machado de Assis tem nova tradução lançada nos EUA e esgotada em um dia

Evidências mostram que texto não assinado poderia ser de Machado; atribuição de textos não assinados, é, entretanto, difícil

Foi na edição 10 da ‘Espelho – Revista de litteratura, modas, industria e artes’, de 1859, que Cristiane encontrou uma curiosa biografia de Dom Pedro II. Não assinado, o texto trazia algumas características do texto machadiano: além de ser escrito em primeira pessoa, ela percebeu uma ‘assinatura’ do autor: antes de falar de política, negar que falaria sobre política.

– Faculdade cria ação para retratar Machado de Assis como ele era: um intelectual negro

Mas não é só isso: Cristiane observou que o texto se posicionava nas mesmas páginas ocupadas por Machado em edições prévias da revista e também observou que, em dois números anteriores da publicação (6 e 9), havia um anúncio de que haveria uma sessão de biografias assinada pelo escritor.

“Tem duas coisas que são muito dele: a primeira é a escrita em primeira pessoa; a segunda é o negaceio que ele faz muito bem. Ele diz ‘não vou escrever sobre política’, mas quando ele fala isso é porque justamente vai escrever sobre política. E na biografia, ele diz que não vai se ater a esse campo, que vai deixar para os historiadores e tal, mas é justamente assim que apresenta as informações”, afirmou a historiadora ao UOL Tab.

– Pesquisador encontra por acaso possível última foto de Machado de Assis em vida

Apesar de existirem fartas evidências de que o texto é de Machado, não há prova concreta. É claro que a hipótese é bem reforçada e pode mostrar uma nova linha nos textos apócrifos desse ícone da literatura brasileira. Mas, ainda assim, a tese é controversa.

– Obra completa de Machado de Assis para download é tudo que você precisa

“Como ela mesma [Cristiane] argumenta, a atribuição de autoria para esses textos é controversa. Era comum àquela altura esse tipo de texto não assinado. A meu ver há um complicador: se de fato o texto é de Machado de Assis, ele no entanto é de um Machado muito jovem, cujo estilo ainda não está sequer cristalizado. Isso não desmerece a hipótese e a argumentação da historiadora, mas adiciona uma camada de dúvida”, argumenta o Professor de Teoria e História Literária na Universidade de Princeton (EUA), Pedro Meira Monteiro, ao Tab.

 

Publicidade

Fotos: Domínio Público


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
A nova Mulher Maravilha é uma indígena brasileira