Ciência

Exercício matinal pode evitar câncer, diferente de exercício no fim do dia, aponta estudo

por: Vitor Paiva

A escolha do horário no qual praticamos nossos exercícios físicos diários podem ter maior importância do que simplesmente nosso prazer ou nossa agenda rotineira – pode ser determinante sobre nossa saúde, capaz de afetar o risco de câncer. Um novo estudo realizado com 3 mil cidadãos espanhóis entre 2008 e 2013, mostrou que fazer exercícios entre 08h e 10h da manhã reduz as chances do desenvolvimento de câncer de mama e próstata – impacto relacionado com a produção do hormônio feminino estrogênio e da melatonina.

Produzida durante a noite, a melatonina é um hormônio natural do corpo humano, e tem como função essencial regular o sono – mas, segundo estudos, ela também impede a propagação do câncer. “Os resultados, se confirmados, podem intensificar a recomendação de exercícios físicos como prevenção ao câncer”, disse Manolis Kogevinas, diretor científico do Severo Ochoa Distinction na ISGlobal e coordenador do estudo.

“Fica claro que todos podem reduzir riscos de câncer simplesmente praticando moderadamente atividades físicas matinais por 150 minutos semanais”.

O experimento percebeu que atividades físicas praticadas à tarde ou de noite reduzem a produção de melatonina e suas propriedades anticancerígenas. “O horário das atividades físicas obviamente impactam o ritmo de produção de hormônios sexuais e da melatonina, assim como sobre o metabolismo da alimentação”, confirmou o coordenador do estudo, sugerindo que Isso explicaria os resultados. A pesquisa foi realizada com 2.795 participantes em um centro espanhol de controle.

Publicidade

© fotos: Getty Images


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Meteoro explode a 94 km/h na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai