Arte

Livro reúne lugares e paisagens que parecem saídos de filmes de Wes Anderson

por: Vitor Paiva

Dono de uma estética inconfundível, forte e singular, o diretor estadunidense Wes Anderson imprime em seus filmes uma espécie de lente, através da qual passamos a olhar a realidade com outros olhos – e procurar na vida real cenários ou cenas que nos remetam às suas obras. Filmes como Os Excêntricos Tenenbaums, Moonrise Kingdom ou Grande Hotel Budapeste, entre tantos outros, subitamente parecem se encarnar em um detalhe de um lugar, um recorte de uma cena, um enquadramento de um momento fora das telas de cinema – e são esses momentos em tons pasteis e cenografias passadistas que o livro Accidentally Wes Anderson reúne.

Coletânea de fotos de lugares reais que, como o nome sugere, “acidentalmente” se parecem com cenas dos filmes de Anderson, o livro é de autoria de Wally Koval, e traz prefácio do próprio diretor – comentando os mais de 200 lugares retratados em 368 páginas. Locais pitorescos, encarnando a singular palheta de cores e os temas exóticos que tanto caracterizam a obra do diretor, em cidades tão variadas como Barcelona, Tóquio, Moscou, Oslo, Nova York, Lisboa, Singapura e Paris, entre outras. As fotos são enviadas por pessoas dos sete continentes, e reunidas em um perfil no Instagram antes de virarem livro.

Livrarias, faróis, escolas, teleféricos, hotéis, piscinas, parques de diversão ou simplesmente antigas construções pintadas de rosa, verde, turquesa ou laranja recheiam o livro – que é acompanhado também por um site, detalhando diversos aspectos da publicação e, assim, da própria estética que caracteriza os filmes de Anderson. Segundo matéria da revista Vogue, o livro retrata uma tendência do Instagram que você não sabia que precisava seguir. “A arte imita a vida, mas como evidenciado pelas milhares de pessoas enviando suas fotos para Accidentally Wes Anderson, talvez o contrário também seja verdade”, diz a Vogue.

O livro pode ser comprado aqui.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Artista recria personagens de animes do Studio Ghibli interagindo com a natureza