Ciência

Mais humanos estão evoluindo para ter três artérias nos braços; entenda porquê

por: Redação Hypeness

Não se engane ao achar que o corpo humano não está em constante evolução. Pesquisadores australianos descobriram recentemente que o nosso organismo parece estar, aos poucos, desenvolvendo uma nova artéria no braço: a artéria mediana. 

Pesquisadores criam Google Maps para o corpo humano

Representação em 3D de artérias e veias no corpo humano.

Esse vaso sanguíneo se desenvolve em todos os seres humanos ainda no útero. Ele leva sangue rico em oxigênio para os nossos membros superiores, o que ajudando desenvolvimento das nossas mãos. 

Acontece que, na esmagadora maioria das vezes, essa via sanguínea para de se desenvolver e se deteriora depois de cerca de dois meses, deixando apenas as artérias radial e ulnar para irrigar a área. Em raros casos, ela pode permanecer por mais alguns meses ou pouco tempo após o nascimento. 

Pesquisadores da USP criam ‘cateterismo cerebral’ e devolvem movimentos às vítimas de AVC

O que cientistas observaram agora é que algumas pessoas adultas ainda apresentam a artéria mediana mais desenvolvida. A pesquisa foi feita avaliando a anatomia de 80 cadáveres de ascendência europeia que tinham entre 50 e 100 anos quando morreram. 

Veias e artérias do braço de um ser humano.

Desde o século XIII, pesquisadores têm estudado a existência desta artéria em adultos e nosso estudo mostra que ela está claramente aumentando”, afirmou o Dr. Teghan Lucas, da Flinders University. “A prevalência era de cerca de 10% nas pessoas nascidas em meados da década de 1880 em comparação com 30% nas nascidas no final do século XX, de modo que é um aumento significativo em um período bastante curto de tempo, quando se trata de evolução.

Água de coco é tão pura e completa que chegou a ser injetada no lugar do soro fisiológico

Apesar da artéria mediana ser um fator de risco para a síndrome do túnel do carpo — que provoca formigamentos e dores nas mãos —, pesquisadores têm motivos para serem otimistas com relação a existência cada vez mais frequente dela em adultos. Uma artéria a mais ajudaria no suprimento de sangue e poderia ser mais uma alternativa em procedimentos cirúrgicos em outros locais do corpo humano. 

Não se sabe ao certo o porque desse traço evolutivo — especula-se que seja fruto de uma mutação genética ou de problemas de saúde nas mães durante a gravidez — mas, se a tendência continuar, haverá mais seres humanos adultos com as artérias medianas em 2100 do que sem. 

Publicidade

Destaques: Unsplash / Foto 1: Unsplash / Foto 2: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Coronavírus: médico tem a solução para óculos não embaçarem ao usar máscara