Debate

Menina de 4 anos morre atingida por raio em praia do Rio; não estava chovendo

por: Redação Hypeness

Uma menina de 4 anos de idade morreu após ser atingida por um raio na praia de Boca da Barra, em Rio das Ostras, ao norte do Rio de Janeiro. O caso aconteceu ontem, por volta das 15h30. Segundo os presentes, não chovia no local.

Maria Félix, a vítima, foi atingida pela descarga elétrica e chegou a receber atendimento de uma ambulância mas isso não foi o suficiente. Quando chegou à UPA, a pequena criança já estava sem vida. Ela foi enterrada na tarde de hoje.

– As marcas deixadas em pessoas que foram atingidas por raios e sobreviveram

Imagens mostram familiares e pessoas próximas à cena tentando auxiliar a vítima da descarga elétrica; criança tinha apenas 4 anos de idade

Além de Maria Félix, um homem também foi atingido por uma raio na mesma região. Pedro A. Maciel, de 36 anos, sobreviveu ao relâmpago; segundo ele, a sensação foi similar a de tomar um choque. Depois de medicado, ele já teve alta.

Segundo Augusto Souza, que testemunhou o caso, muitas outras pessoas estavam na praia e apesar do céu estar bem escuro, ainda não havia relampejado e a chuva ainda não caía. Entretanto, Maria Félix foi vítima mesmo assim.

“O céu tava bem preto, mas não estava chovendo ainda naquela hora. Tinham outras pessoas na areia. Foi um dia quente. De repente, a menina caiu, teve correria, quem tava ali tentou ajudar como podia, mas não deu. Muito triste. Só depois que a chuva caiu pra valer”, afirmou ele.

– Homem capta o momento em que um raio atinge seu jardim e levanta debate sobre nossas vidas filmadas

“Em tempestade com raio, o último lugar que você deve ficar é um local descampado. Não tem relação com areia, com água, tem relação com o local aberto. Em um espaço descampado, o caminho mais curto entre a atmosfera e chão, é a cabeça da pessoa. Não se deve ficar debaixo de árvores também, deve-se procurar abrigo edificado, carro ou ônibus – esses são os locais mais seguros, pois são isolados”, explicou o professor professor de meteorologia da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), Lucio Silva, ao UOL.

– Brasil bate recorde mundial com relâmpago de 700 km de extensão

Publicidade

Fotos: Destaque: © Getty Images Foto 1: Reprodução/O Dia


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Presidente da Argentina envia ao Congresso proposta para legalização do aborto: ‘Meu compromisso’