Debate

Ronnie Von relata ofensas por comprar lingerie: ‘cultura machista’

por: Yuri Ferreira

Ronnie Von está se desconstruindo: o cantor e apresentador de 76 anos de idade está há algum tempo longe da televisão, mas decidiu se abrir em uma incrível entrevista para a revista ‘Quem’. O galã da terceira idade falou sobre sua vida sexual com a esposa Kika (Maria Cristina Rangel) e sobre como a sua formação machista é sempre colocada à prova no relacionamento.

– Campanha da Gillette questiona estereótipos e incentiva vulnerabilidade masculina

Ronnie Von aproveita a terceira idade com vida sexual ativa e desconstrução do machismo

De prima, lhe perguntam se existe uma diferenciação entre coisas “de menina” e coisas “de menino”. “Isso é uma bobagem. A Kika, minha mulher, ama carros. Ela é piloto de kart e me deu o maior apoio quando tive a ideia de reformar a garagem. Hoje em dia é a mulher que determina a compra de um automóvel na casa, você sabia?”, afirmou.

– Ivete Sangalo dá aula de masculinidade para folião que brigava: ‘Precisam aprender o que é ser homem’

Muitos não sabem, mas Ronnie foi, antes de ser um dos principais nomes da música romântica e apresentador do ‘Todo Seu’ por anos, um dos maiores artistas do psicodélico no Brasil. Foi ele quem trouxe o primeiro LP dos Beatles pro Brasil.

Mais de 50 anos depois, o galã debate sobre como sua criação o fez machista, e como é necessário debater esse tipo de assunto. “Sou um homem latino-americano que tem essa cultura machista ensinada até pela própria mãe”, afirmou.

– Violência sem fim: Homens apertam o gatilho, mas também são mortos pela masculinidade tóxica

Em outra história, Ronnie debateu o fato de estar comprando uma lingerie para sua filha e ter sido alvo de ataques homofóbicos.

“Uma vez quase apanhei de alguns homens que me viram entrar em uma loja em um shopping para comprar lingerie para a minha filha. Os homens me xingando porque ‘onde já se viu um homem comprando lingerie’. Tenho uma cabeça absolutamente feminina. Isso não arranha e nunca arranhou a minha virilidade. Continuo sendo doido por mulher, pela minha!””, conta Ronnie.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Brasil insiste em ignorar diversidade e política ficou ainda mais branca e masculina