Inovação

USP levará fogões solares para comunidades de SP para reduzir o uso de lenha nas cozinhas e melhorar a qualidade do ar

por: Vitor Paiva

Se nossa impressão imediata sugere que o uso de fogões à lenha ou carvão ficou no passado ou na especialização de quem deseja utilizar tal meio para cozinhar, a verdade revelada por pesquisa recente do IBGE mostra que, em 2018, 14 milhões de famílias brasileiras utilizaram tal meio para cozinhar por falta de recursos. Se o cozimento em fogo pode abrilhantar o sabor da comida, a fumaça pode provocar sérios danos à saúde – e é para combater tal quadro e salvar vidas que pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) irão levar fogões solares para comunidades de baixa renda na capital paulista.

A ideia é melhorar a qualidade do ar respirado dentro das casas, sem a produção de qualquer poluente na hora do preparo dos alimentos, utilizando uma energia limpa, segura e gratuita como a do sol. Segundo Alberto Hernandez Neto, professor na Escola Politécnica da USP, a aplicação dos fogões não traz qualquer desafio por se tratar de tecnologia estabelecida e eficaz – a questão é mesmo somente como mudança cultural: no uso dos fogões a sol, o cozimento leva um pouco mais de tempo do que utilizando gás. A ideia é também ensinar como construir o próprio fogão solar com baixo custo nas comunidades.


O projeto atende a três Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela ONU, e algumas famílias selecionadas receberão o equipamento dos fogões e terão a qualidade do ar monitorada em suas casas, assim como a saúde dos participantes. Se a Organização Mundial da Saúde calcula que 7 milhões de pessoas morrem anualmente por conta da poluição e da qualidade do ar, o impacto de respirar queimadas de lenha e carvão em ambientes fechados pode ser especialmente severo sobre a saúde – principalmente de crianças e idosos – provocando problemas respiratórios e cardíacos.

O Canal da USP no Youtube preparou um vídeo tutorial ensinando como construir seu próprio fogão solar

 

 

 

 

Publicidade

© fotos: USP/reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.


X
Próxima notícia Hypeness:
Em áreas remotas e sem internet a conexão de alta velocidade passará a ir através de feixes de luz