Debate

Velhas grávidas: Anna Radchenko combate etarismo com ensaio fotográfico ‘Avós’

por: Karol Gomes

O projeto mais recente da artista plástica e fotógrafa Anna Radchenko ataca o preconceito de idade. Mais especificamente: contra mulheres idosas. Ou, tomando a licença poética da nossa editora aqui no Hypeness, Clara Caldeira, mulheres velhas

Intitulado “GRANDmothers” – um trocadilho com a palavra “avós” e inglês e a palavra “grande” – o ensaio fotógrafo brinca com a ideia de se poder ter filhos depois de alcançar o período sênior da vida. No imaginário da artista, estas mulheres já são avós mas ainda podem escolher ter filhos. 

– Quarentena: idosa de 93 anos viraliza ao pedir que vizinhos comprem cerveja

O resultado é uma série de fotografias e um curta, registrados em um hospital de 1911 na Rússia, com as GRANDmothers em visuais divertidos e ao mesmo tempo desafiadores para a sociedade, que insiste em colocar mulheres em caixas de acordo com suas faixas etárias. 

– Idosa dá o exemplo, respeita quarentena e costura 1 mil máscaras para doação

O local em que o ensaio é ambientalistas também brinca com o imaginário proposto. O prédio é muito antigo, mas ainda pode ser utilizado como um espaço de criatividade e reinvenção. 

– Vídeo: mulher de 82 anos em quarentena por coronavírus ganha parabéns da janela

– Tatuagens temporárias estão fazendo a alegria dos idosos nesta casa de repouso

Rede de afeto ameniza pandemia e leva amor através de cinco mil ligações para lar de idosos

Asilo para pessoas com Alzheimer recria bairro dos anos 40 para levar conforto a pacientes

Este chef é um verdadeiro herói no lar de idosos onde trabalha

– Casal de idosos arrasa posando com roupas esquecidas em sua lavanderia

Em entrevista ao site Bored Panda, Radchenko explicou seu ponto de vista: “Eu tinha trinta não de idade quando me tornei mãe. Isso me fez pensar sobre como eu seria referida como uma ‘mãe velha’ na época do USSR. Mas também não sou considerada algo diferente hoje em dia”

Veja o vídeo GRANDmothers na íntegra:

Publicidade

Fotos: Anna Radchenko


Karol Gomes
Karol Gomes é jornalista e pós-graduada em Cinema e Linguagem Audiovisual. Há cinco anos, escreve sobre e para mulheres com um recorte racial, tendo passado por veículos como MdeMulher, Modefica, Finanças Femininas e Think Olga. Hoje, dirige o projeto jornalístico Entreviste um Negro e a agência Mandê, apoiando veículos de comunicação e empresas que querem se comunicar de maneira inclusiva.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Brasil insiste em ignorar diversidade e política ficou ainda mais branca e masculina