Debate

Vereador que chamou parada gay de ‘imoral’ é preso por estuprar menina de 15 anos

por: Redação Hypeness

Um vereador de Curuçá, no nordeste do Pará, foi preso acusado de estuprar uma adolescente de 15 anos. Daniel Rabelo Silva, 39 anos, do MDB, foi detido em um posto da Polícia Rodoviária Federal na última sexta-feira (23).

Segundo o G1, o político foi indiciado por estupro qualificado e teve a prisão preventiva decretada pela Polícia Civil do Pará na semana passada. Mais conhecido como Daniel do Abade, o vereador estava sob condicional, mas, de acordo com a polícia, descumpria os horários de saída e retorno para sua residência.

– Vereador que cheirou calcinha comestível em chamada de vídeo consegue salvar mandato

Ataques homofóbicos

Daniel do Abade já havia ficado conhecido antes desse escândalo e também por um péssimo motivo: ele fez comentários homofóbicos atacando a realização da 2ª edição da Parada LGBTQI+ de Curuçá.

– Vereadora ouve ‘cala a boca’ de colega e protesta contra ‘chiliques de barba’ na política

O vereador chamou o evento de “fim do mundo” e que a “imoralidade deveria ficar entre quatro paredes”. Na publicação, o político também dizia que era um problema as crianças verem tudo aquilo.

– Jornalista que ancorou o ‘Jornal Nacional’ diz que foi demitida após denunciar assédio de chefe

A publicação foi apagada minutos depois pelo Instagram após denúncia dos internautas. Ele ainda publicou um vídeo na mesma rede social, em que dizia que apenas manifestou sua opinião. “É direito meu também”, declarou. 

Publicidade

Fotos: Reprodução / Facebook


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Torcedores sem máscara cobram jogadores por balada em meio à pandemia e mostram que ninguém tem razão