Estilo

A ‘roupa do futuro’ que se dissolve completamente após o uso

por: Redação Hypeness

O nível de consumo da humanidade precisa ser revisto como um todo e o mundo da moda não fica de fora. A indústria fashion estabelece tendências e estilos, ditando o que deve ser usado e quando. Mas para onde vão as roupas que ‘saíram de moda?’ Além de doá-las, de que forma podemos construir uma sociedade menos consumista no quesito roupas? Peças que dissolvem após o uso podem ser uma solução. 

Mulheres protestam pela insistência da indústria da moda em seguir o padrão de magreza

O vestido de algas da designer Scarlett Yang.

Scarllett Yang, recém formada pela escola de design Central Sanint Martins, em Londres, criou um vestido que se desmonta depois de usado. A peça é feita com tecido totalmente biodegradável de casulos de seda e extrato de algas. Ela foi desenhada como projeto final da graduação da designer. 

Apesar de não ser algo pensado para ser produzido em larga escala, pode apontar para uma nova tendência fashion: a da sustentabilidade. 

O futuro da moda está no encontro entre o “feito à mão”, a tecnologia e a sustentabilidade

Algas têm sido utilizadas como substitutas do plástico. O laboratório Algenesis, da Califórnia, já desenvolveu um poliuretano biodegradável feito à base de algas que pode ser usado na produção de chinelos, por exemplo. 

A grande maioria dos tecidos usados no mercado não é reciclável, o que significa que nós, como formandos e estudantes de moda da nova geração, também contribuímos para os problemas de poluição se ainda fizermos as coisas da forma tradicional”, opina Yang. “Como muitos de meus colegas e tutores, não posso ignorar o fato de que precisamos de mudanças.

A forma em que o tecido vegetal é feito.

Para provar que a moda pode ser sustentável, marca lança projetos de roupas pensando no meio ambiente

Yang chegou até suas matérias-primas depois de uma extensa pesquisa. O casulo de seda, inclusive, dá ao vestido um certo nível de impermeabilidade.

A resistência do vestido varia de acordo com a temperatura e a umidade. Ele pode se dissolver em pouco tempo ou durar até duas horas. Tudo depende das condições ao redor. Para ser feito, Yang se utiliza da mistura líquida de seus componentes e a coloca em um molde 3D para que adquira rigidez. 

Vestido dissolve com o passar do tempo e exposição à umidade e calor.

Publicidade

Fotos: Arquivo/Scarlett Yang


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Natal: 6 vinhos tintos em promoção para beber na ceia