Debate

Atleta do Flamengo e Brasil, estrela do vôlei é seguida por seguranças nas Lojas Americanas: ‘Só porque sou preta’

por: Karol Gomes

Apesar de tantas manifestações insufladas por casos de racismo como o que provocou a morte de João Alberto, assassinado de forma bárbara com socos e pontapés pelos seguranças do Carrefour Giovane Gaspar da Silva e Magno Braz Borges na última sexta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra, situações de preconceito contra pessoas negras se repetem com frequência.

Quando não se chega ao ponto assassinar, o racismo ainda constrange, xinga e humilha. O último fato que veio a público foram postagens feitas no Instagram por Drussyla Costa, uma das principais jogadoras de vôlei do Brasil e que além da seleção, defende o Sesc-RJ/Flamengo.

 

– Mulher que deu show de homofobia em padaria e o privilégio branco que João Alberto não teve no Carrefour

Perseguida por seguranças nas Lojas Americanas 

Drussyla postou uma série de vídeos para mostrar que, enquanto ela, a irmã e a mãe, todas pretas, faziam compras em uma unidade das Lojas Americanas no Rio de Janeiro, eram frequentemente acompanhadas por seguranças da loja.

“Toda vez que eu venho nas Lojas Americanas é esse inferno. O segurança já passou por mim umas três vezes. Ele fica me seguindo. Essa palhaçada, esse preconceito, só porque eu sou preta. Estou com minha família aqui, todo mundo é preto. É isso, é assim que a gente vive nesse ‘brasilzão’. Toda vez é esse inferno”, disse. 

Drussyla foi perseguida por seguranças nas Lojas Americanas

– Carrefour se desculpa por guarda-sol para cobrir corpo de homem morto e manter loja aberta

Já no carro após as compras, Drussyla desabafou dizendo que. “ele [segurança] está fazendo o trabalho dele. Ele tem que, realmente, prestar atenção nas pessoas que entram, e tal, mas ficou no meu pé e no pé da minha família. E não é de hoje. Minha irmã vai lá e é a mesma pessoa, que faz as mesmas coisas… Seguindo, seguindo e seguindo. O problema não é fazer o trabalho dele, ele está certo. É a forma que ele faz o trabalho dele. Triste. Essa é a realidade que a gente vive”, opinou.

Procurada pelo UOL para comentar o caso, as Lojas Americanas declarou apenas que “o respeito está na base da sua cultura e que repudia todo e qualquer ato de discriminação”.

– Carrefour: ex-fiscal diz que violência era lei em loja onde Beto Freitas, vítima de racismo, foi espancado até a morte

O caso tem repercutido na internet:

– STF não reconheceu lei de PMs temporários no RS; assassino de Beto no Carrefour, oficial fazia bico em loja

Carreira brilhante

Drussyla Costa começou a carreira no vôlei de praia – onde conquistou o vicecampeonato no mundial sub-21, em 2012. Depois migrou para a quadra, passando por todas as seleções de base.

Drussyla é uma das principais ateltas do vôlei brasileiro

Após uma boa temporada no Sesc, em 2019, Drussyla seria uma das principais peças do técnico José Roberto Guimarães na seleção brasileira naquele ano, mas precisou pedir dispensa por lesão.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Karol Gomes
Karol Gomes é jornalista e pós-graduada em Cinema e Linguagem Audiovisual. Há cinco anos, escreve sobre e para mulheres com um recorte racial, tendo passado por veículos como MdeMulher, Modefica, Finanças Femininas e Think Olga. Hoje, dirige o projeto jornalístico Entreviste um Negro e a agência Mandê, apoiando veículos de comunicação e empresas que querem se comunicar de maneira inclusiva.


X
Próxima notícia Hypeness:
Plataforma se retrata após camiseta exaltando Auschwitz ser encontrada à venda