Sustentabilidade

Beyoncé cria 80 mil abelhas em casa e você pode fazer o mesmo

por: Redação Hypeness

Em entrevista à Vogue britânica, a cantora Beyoncé afirmou criar 80 mil abelhas em casa para abastecer as filhas Blue Ivy, de oito anos, e Rumi, de três, que usam as propriedades do mel para aliviar alergias. Apesar de parecer um pouco fora da realidade, não é preciso ser uma superestrela da música para criar os insetos — que já foram nomeados como os seres mais importantes do mundo — em casa.

Conhecidas pela importância como polinizadoras, as abelhas são imprescindíveis para a saúde do planeta. Muitíssimo ameaçadas, elas podem ser criadas em domicílio desde que sejam tomados cuidados básicos de segurança e de manuseio dos pequenos animais.

– 8 coisas que você pode fazer para ajudar as abelhas a sobreviver

Beyoncé afirmou que as abelhas que cria produzem “centenas de jarros de mel por ano”

Como criar abelhas em casa

Segundo a revista Superinteressante, as abelhas mais indicadas para criação caseira são as melíponas, por não possuírem ferrão. Apesar de produzirem mais mel, as apis (que têm ferrão) podem machucar você e seus vizinhos.

Depois de escolher entre as diversas variedades nacionais de abelhas, você pode comprá-las em caixas para criação doméstica, que podem ser adquiridas em universidades e meliponários.

– Como a morte de 500 milhões de abelhas em 3 meses no Brasil vai afetar nossa alimentação

De acordo com a revista, as caixas são divididas em três andares: no primeiro fica a entrada, por onde os insetos entram e saem para fazer a polinização; no segundo ficam os discos de cria, onde as abelhas se reproduzem e onde mora a rainha; e no terceiro ficam as melgueiras, construídas de cera feita pelas próprias abelhas para comportar o mel.

Abelhas sem ferrão produzem menos mel, mas são mais seguras de se criar em casa

Não tire todo o mel produzido pelas abelhas, elas precisam dele em momentos de escassez. Por isso, coloque duas tampas de garrafa com mel dentro da melgueira com um palito de dente apoiado por cima. Dessa forma, os insetos conseguem se alimentar sem ficar grudados no líquido viscoso.

Como formigas também adoram mel, o ideal é prender a caixa em um lugar alto. Uma dica da “Super” é também passar graxa de motor na base para dificultar a subida das formigas.

– Mulheres maias protegem abelhas da extinção no sul do México

De três em três meses, as abelhas vão se reproduzir o suficiente para produzir uma nova colônia. Para transportá-las para uma caixa nova, é necessária a ajuda de um profissional. Ele irá encontrar a rainha e vai separar os discos de ninho.

Por fim, para retirar o mel, use uma seringa e sugue o líquido das melgueira com cuidado para não danificar os potes. Ao abrir a caixa, atente-se, pois as abelhas devem voar na sua direção. E lembre-se: divida a produção com elas; os insetos também precisam do mel.

Dividir o mel com as abelhas é importante; elas também precisam dele

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Ipê tem sobrevivência ameaçada após canetada do governo Bolsonaro; entenda