Debate

Camisinha encontrada no ânus de cadela causa divergência entre polícia e coordenadora

por: Redação Hypeness

Uma cadelinha foi resgatada por veterinários do Canil Municipal de Guarujá, no litoral de São Paulo, com um preservativo masculino dentro do ânus. Enquanto a Polícia Militar Ambiental informou que os especialistas não encontraram sinais de maus-tratos no animal, a coordenadora do Canil, Vivi Vargas, afirma que o objeto não poderia ter sido engolido por não estar danificado.

Segundo apurado pelo G1, a cadela, uma vira-lata de aproximadamente dois anos, foi levada ao canil para ser castrada e estava no pós-operatório, aguardando o efeito da anestesia passar para ser devolvida à tutora. 

– Empresa lança álcool gel para pets que não prejudica saúde do animais

Foi quando os veterinários perceberam que havia um objeto verde saindo do ânus do animal. Eles puxaram para retirar, percebendo que se tratava de um preservativo masculino. A Polícia Militar Ambiental foi acionada imediatamente para adotar as medidas cabíveis quanto aos tutores da cadela, que não foi devolvida. 

– ONG mostra áudios de Claudia Ohana pedindo para devolver cães

Em nota, a PM Ambiental afirmou que foi acionada, mas não foi constatada violência ou lesão, “não sendo possível afirmar se houve abuso, uma vez que existe a possibilidade de o animal ter ingerido o material, sendo assim, não caracterizaria crime de maus-tratos”.

No entanto, a coordenadora do Canil Municipal, Vivi Vargas, acredita que a cadela tenha sido vítima de abuso, e teme pela vida do pet. “O animal, quando engole, ele rói, tem mordida. A gente realmente acha que foi abuso”.

– Tatá Werneck quer adotar cão com deficiência abandonado duas vezes

Quando os veterinários encontraram o preservativo, acionaram também a tutora do animal, que alegou desconhecer o ocorrido. “Ela falou que a cachorra escapou de casa pela manhã”, contou a coordenadora.

– Jovem costura gravatas para estimular adoção de animais e recebe elogios de Obama

Durante os questionamentos à tutora do animal, na presença da PM Ambiental, a mulher desistiu da cadela e a deixou no canil, sob os cuidados dos veterinários. Mesmo assim, a Polícia Militar Ambiental apresentou a ocorrência no Distrito Policial, que tomará as providências de investigação.

Neste momento, segundo a Secretaria de Saúde (Sesau) do município, a cadela encontra-se sob responsabilidade do Canil Municipal, e os profissionais estão realizando entrevistas para uma adoção responsável.

– Coronavírus: homem atua no resgate de gatos e cachorros abandonados em cidade fantasma

Os interessados devem comparecer ao local, na Avenida Maria Lídia Rêgo Lima, 301, no bairro Jardim Conceiçãozinha, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h ou das 13h às 17h. É preciso ser maior de 18 anos e ter em mãos documento oficial com foto (RG ou Carteira de Habilitação) e comprovante de residência.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Facebook


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
UOL diz que ‘errou’ ao impedir Guilherme Boulos de responder pergunta e encerrar debate