Estilo

Diana: a princesa do povo que se tornou também ícone fashion

por: Redação Hypeness

Lady Di (1961 – 1997) construiu um legado ao longo de sua vida que poucas personalidades no mundo conseguiram alcançar. O título de ‘princesa do povo‘ não veio à toa: Diana Spencer, nascida em berço de ouro em uma família aristocrata e casada com o futuro rei da Inglaterra, se tornou o símbolo da filantropia no século XX por suas ações beneficentes. Por outro lado, a classe e o olho atento à moda fizeram dela um verdadeiro ícone fashion, um dos mais importantes das décadas de 1980 e 1990.

Príncipe Charles e princesa Diana tinham praticamente a mesma altura, então por que ele sempre aparece muito mais alto nas fotos?

Lady Di usa um casaco de Jasper Conran durante uma visita a Brixton, em outubro de 1983.

Graças a Lady Di, peças se tornaram tendência e inspiraram looks que brilharam em passarelas da moda pelo mundo. Sem contar na mudança de protocolos dentro da própria família real. A cor preta, por exemplo, só era utilizada por membros da realeza em cerimônias fúnebres. Com Diana, a perspectiva mudou e o preto ganhou eventos requintados e se tornou peça para momentos glamourosos. 

A moda dos anos 1990 era insana ou inspiradora?

Ao longo de sua vida, a princesa passou por diversas fases da moda. Logo no começo, suas roupas inspiravam um ar mais interiorano, com flores e cortes mais românticos. Nos anos 1980, vieram os terninhos e os blazers. Nos anos 1990, ela passou a adotar um estilo casual que pouco se via na realeza até então. Quem a via em um dia normal com os príncipes William e Harry, crianças, poderia identificar nela uma mãe como qualquer outra daquela década: jeans altos, moletons em tamanhos enormes e camisas largas. 

Lady Di com os filhos, príncipes William e Harry, no palácio de Kensington, em Londres, em outubro de 1985. Ao lado, a princesa embarca no avião real com príncipe Charles para a lua de mel do casal, em agosto de 1981.

O que falar do color blocking? A moda de mistura de cores que ganhou fôlego na década de 2010 encontrou em Lady Di uma grande aliada mesmo décadas antes. A princesa do povo também era grande entusiasta do quadriculado e padrões xadrez e ainda nutria uma forte amizade com o estilista Gianni Versace, de quem foi talvez a maior modelo e que também morreu tragicamente um mês e meio antes de Diana. 

Príncipe Harry se desculpa por racismo endêmico e se coloca como parte do problema

Em um vestido de Victor Edelstein, Lady Di dança com John Travolta em um dos salões da Casa Branca, nos Estados Unidos, em novembro de 1985. O vestido ficou conhecido como ‘The Travolta Dress’.

 

‘Color blocking’: Lady Di veste um conjunto da designer Catherine Walker e um chapéu de Philip Somerville na cidade do Kuwait, no Kuwait, em março de 1989.

 

Diana, Harry e William se divertem durante visita a um parque de diversões, em abril de 1993. À direita, Lady Di aparece vestida com moletom e short de ginástica, em novembro de 1995.

 

Xadrez: Lady Di posa sentada com o príncipe Harry, em 1986. Ao lado, ela aparece em 1982, na Escócia.

 

Casual: Diana de jeans, moletom largo e casaco ao lado de um pequeno príncipe William em maio de 1988.

 

Lady Di e um de seus terninhos, ao lado dos filhos e do príncipe Charles, em setembro de 1995. Era o primeiro dia de aula do príncipe William na escola de Eton.

O príncipe e a princesa de Gales durante visita oficial à Alemanha, em 1987. Lady Di repete o vestido de Victor Edelstein usado na Casa Branca em 1985; à direita,  com o vestido que ficou conhecido — de forma machista — como ‘o vestido do divórcio’, feito por Christina Stambolian, em 1994.

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
A ‘roupa do futuro’ que se dissolve completamente após o uso