Sustentabilidade

Jacaré com mais de 300 kg deixa perplexos moradores de vilarejo à beira de lago

por: Redação Hypeness

Um biólogo encontrou um jacaré com 320 quilos e 4 metros de comprimento ao lado de uma lagoa no estado de Georgia, nos EUA. A suposição é que o animal tenha sido localizado por causa da temporada de tempestades que atingiu o Sul dos Estados Unidos.

O jacaré estava na lama, provavelmente perdido e com risco de perder a vida. Trata-se de um dos maiores aligátores encontrados nos últimos anos na região do estado.

– Jacaré gigante deixa todo mundo boquiaberto ao atravessar campo de golfe

Com feridas de bala e com saúde danificada, animal está sendo estudado por autoridades estadunidenses

O animal foi sacrificado por estar com graves de condições de saúde. “Infelizmente, o animal teve de ser sacrificado porque estava em péssimas condições de saúde e estava sofrendo muito ao ser encontrado”, explicou a jornalista Emileigh Forrester, da WALB, subsidiária local da NBC.

A imagem do enorme jacaré causou muito alvoroço na internet e muitas pessoas acreditaram se tratar de uma pegadinha. A informação, porém, foi confirmada por agências de checagem norte-americanas e também pelo Departamento de Vida Selvagem da Georgia.

– Jogar drogas pela descarga está deixando os jacarés viciados nos EUA, afirma polícia

“Capturamos alguns crocodilos, mas nenhum tão grande”, disse a biólogo Brent Howze, do Dpto. de Vida Selvagem à WALB.  Ele participou da captura do animal. “No início foi um pouco assustador, dado o seu tamanho e poder. Mas trabalho com um grupo de pessoas incrivelmente talentosas e estávamos bastante confiantes de que poderíamos lidar com a situação”, afirmou.

Muitos moradores de Sumter County, onde  o jacaré foi encontrado, ficaram apreensivos com a presença de um animal desse porte na região. Segundo Howze, o animal tinha mais de 50 anos e já havia tido contato com humanos.

– Jacaré de 2 metros é encontrado em praia de Salvador e levado para centro de triagem

“Quanto encontramos preso na lama e pudemos acessá-lo, percebemos que ele tinha muitos machucados, incluindo diversas feridas de tiro.” A bióloga tranquilizou os moradores da Georgia, “vocês estão tranquilos. Esses animais sempre existiram e vão continuar existindo com a presença humana. Ataques por crocodilos contra humanos são raros.”

Publicidade

Fotos: Reprodução/WALB


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Emergência climática: extinção em massa e Terra pior do que se imagina, alerta ciência