Debate

Jovem grava importunação sexual dentro de ônibus e expõe risco vivido por mulheres

por: Karol Gomes

Uma jovem de 21 anos foi vítima de importunação sexual dentro de um ônibus enquanto seguia para o trabalho em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Ela sentou-se em um banco na penúltima fileira de assentos e um idoso, que já estava sentado atrás, começou a tocar seu ombro. 

De acordo com a queixa registrada na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do município, a vendedora Ingrid Silva Calomino, de 21 anos, pegou um ônibus em direção ao seu trabalho no bairro Boqueirão, em Santos, na manhã desta quarta-feira (4). 

– Homem que filmou e sexualizou praticante de yoga é investigado por outro caso de assédio

Em dado momento, durante o trajeto, a jovem sentiu uma mão em seus cabelos. Ela chegou a registrar em vídeo o momento em que o desconhecido passava a mão nela. Haviam outras pessoas no coletivo. Nas imagens, o desconhecido encosta nas costas da jovem, afagando ela. Quando percebe que está sendo gravado pela vítima, recua e se afasta.

– Homem filma, objetifica e sexualiza mulheres praticando yoga no Rio de Janeiro

“Não acreditei que isso estava acontecendo. Coloquei o cabelo para frente e fiquei esperta”, contou ao G1. Alguns minutos depois, ela sentiu o toque novamente, desta vez em suas costas.

“Ele colocou a mão na lateral do meu corpo, mas veio para frente e começou a tocar meu seio. Fiquei muito nervosa, peguei o celular e comecei a gravar”, relembra. Após o flagrante, a jovem conta que levantou do assento e começou a brigar com o desconhecido.

– Mulher filmada e sexualizada ao praticar yoga diz que entrou em choque e vomitou: ‘Muito violentada’

Caso de importunação sexual em ônibus na Praia Grande, SP

Segundo a vítima, ele começou a dizer que só estava apoiando a mão dele. Mas Ingrid argumentou que ele estava encostando em seu seioEla desceu do ônibus em seguida, correndo para seu local de trabalho, onde chegou em prantos e recebeu ajuda.

– Atriz de ‘Malhação’ que teve vídeo exposto em site pornô revela que quase se matou

Ingrid prestou queixa na DDM de Praia Grande, onde o caso foi registrado como importunação sexual e deve ser investigado. As imagens serão entregues à Polícia Civil para auxiliar na identificação do suspeito do crime.

Publicidade

Foto: Reprodução/Youtube


Karol Gomes
Karol Gomes é jornalista e pós-graduada em Cinema e Linguagem Audiovisual. Há cinco anos, escreve sobre e para mulheres com um recorte racial, tendo passado por veículos como MdeMulher, Modefica, Finanças Femininas e Think Olga. Hoje, dirige o projeto jornalístico Entreviste um Negro e a agência Mandê, apoiando veículos de comunicação e empresas que querem se comunicar de maneira inclusiva.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
STF não reconheceu lei de PMs temporários no RS; assassino de Beto no Carrefour, oficial fazia bico em loja