Sustentabilidade

 ‘LAMA’: clipe mostra descaso da Vale e poder público 5 anos após Mariana

por: Vitor Paiva

Há 5 anos o maior desastre ambiental brasileiro acontecia, de forma acintosa e criminosa, na região de Mariana, no estado de Minas Gerais – quando o rompimento da barragem do Fundão levou a vida de 19 pessoas e destruiu outras centenas de vidas, direta ou indiretamente, especialmente no distrito de Bento Rodrigues e arredores.

A fim de marcar a o maior impacto ambiental da história do Brasil e o maior do mundo envolvendo barragens de rejeitos – para sublinhar que o crime não será esquecido – a banda Mulamba lança o videoclipe da música ‘LAMA‘.

A banda Mulamba © divulgação

Dirigido por Virginia de Ferrante, o vídeo trabalha com linguagem documental misturada à videoarte a fim de lembrar como uma denúncia permanente a tragédia em Mariana. As imagens foram feitas no próprio distrito mineiro, em sua maior parte durante manifestações por conta dos 4 anos do rompimento.

“A música ‘LAMA’ surgiu do questionamento sobre as histórias que se repetem, dos crimes ambientais que seguem acontecendo em nossas terras diariamente, da ganância que destrói e da impunidade generalizada no nosso país. Isso não deve ser lembrado eventualmente e sim todos os dias”, afirma Amanda Pacífico, vocalista do sexteto.

A lama cobrindo a região de Bento Rodrigues © Getty Images

A ideia do vídeo é também apontar um olhar humano e próximo às vítimas da tragédia. “Existem ali famílias que perderam absolutamente tudo e ainda não tiveram nenhum tipo de amparo pra que pudessem reassentar seus lares e recomeçar suas vidas, principalmente trabalhadores informais que seguem impotentes no aguardo das indenizações por parte de uma das maiores e mais ricas mineradoras do mundo”, diz Amanda. Três anos depois do crime em Mariana, outra barragem, também da Vale, rompeu em Brumadinho, levando a vida de 219 pessoas.

“Em um desastre como esse os danos vão além do que é material, se perdem os vínculos e não há reparação para aquilo que é invisível. A saúde mental dessas pessoas é ignorada pelos responsáveis por esse crime e agravada muitas vezes pelo não reconhecimento delas como atingidas”, pontua Virgínia.

O vídeo de ‘LAMA‘ contou com o apoio do MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens), que auxiliou ao longo de toda produção.

© Getty Images

Publicidade

© fotos: créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Arsenal faz história no futebol ao se unir ao programa de ações climáticas da ONU