Ciência

O que é e como atingir o ‘estado de fluxo’ e a ‘zona de produtividade’ no home office

Redação Hypeness - 26/11/2020 | Atualizada em - 27/11/2020

O home office não tem sido uma experiência igual para todas as pessoas. Enquanto alguns funcionários se adaptaram ao esquema remoto, outros encontram dificuldades em manter a concentração. A resposta para contornar problemas de desatenção e se manter focado nas tarefas profissionais está em se manter em “estado de fluxo”, um processo mental que ajuda a alcançarmos uma zona de produtividade efetiva. 

Home office: 10 dicas para o trabalho remoto por quem já o pratica há 10 anos

Cubo mágico: entrar ‘no flow’ seria alcançar um nível de concentração tão profundo que os próximos passos da tarefa executada se tornariam claros.

O termo parece complicado, mas não é tanto. Ele foi cunhado pelo pesquisador húngaro-americano Mihaly Csikszentmihalyi em seu livro de 2013, “Flow: The Psychology of Happiness”, e se refere a um estado psicológico de concentração tão intensa que se perde a noção de tempo e se dá atenção sem esforço. “É um momento de concentração tão intensa que não sobra atenção para pensar sobre algo irrelevante ou se preocupar com problemas. A autoconsciência some e a percepção de tempo fica distorcida”, escreveu o cientista. 

Home office: tendência global antes da pandemia ganha mais força, aponta pesquisa

Como conseguir entrar ‘no fluxo’?

O primeiro passo para ser absorvido pelo estado de fluxo é balancear o nível de dificuldade da tarefa a ser cumprida com as suas próprias habilidades. Uma tarefa muito fácil pode não te deixar tão empolgado. Uma tarefa muito difícil pode ser desafiadora demais a ponto de gerar estresse acima do normal. O ideal é encontrar um meio termo para as duas proporções. 

Depois disso, você deve ter facilidade para ir de uma tarefa a outra sem problema ou distrações indevidas. Em uma palestra para o TED Talks, Mihaly afirmou que entrar no estado de fluxo te causa uma sensação de foco intenso. Essa percepção não te faz se sentir confuso ou pressionado a pensar sobre qual seria o próximo passo: as tarefas se sucedem de forma clara e objetiva. 

Twitter confirma home office ‘eterno’ e aponta tendência do pós-pandemia

Um estudo de 2010 identificou aspectos do fluxo ao analisar um pianista durante um concerto. A pesquisa mostrou que o músico apresentou batimentos mais lentos e respiração profunda durante a execução de músicas. Embora possa ser exaustivo trabalhar em projetos importantes, o estado de fluxo permite que, no lugar de nervosismo e estresse, você se sinta alegre e pleno enquanto faz seu trabalho. 

Publicidade

Fotos: Unplash / Vídeo: TEDTalks


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Múmias submetidas a tomografia surpreendem com resultado de que não são humanas