Inspiração

Princesas da Disney ganham versão plus-size em manifesto contra ‘cultura da magreza’

por: Veronica Raner

A falta de representatividade entre as princesas da Disney levou a influencer Natasha Polis a reunir algumas amigas para uma sessão de fotos inclusiva. De diferentes cores e com diferentes formas, elas aproveitaram o último dia das bruxas para dar vida às personagens dos desenhos no #PlusSizePrincessProject, “Projeto Princesa Plus Size”, em tradução livre. 

Princesas da Disney são desenhadas em formato plus size em reflexão sobre beleza 

Ocupamos mais espaço do que a maioria, mas nossos corpos maiores claramente carecem de representação na mídia. Então, aqui está nossa resposta neste Halloween: 21 influenciadoras fantasiadas como as adoradas princesas da Disney no nosso próprio estilo”, escreveu a idealizadora em sua conta oficial no Instagram. 

Qual princesa da Disney é você, segundo o teste eneagrama de personalidade

As irmãs Michaela e Hunter McGrady escolheram participar como outras duas irmãs: Anna e Elsa, de “Frozen”. Elas contam que têm um laço muito forte entre si, assim como as princesas do filme, e sabem da importância que é se ver representada em produtos do entretenimento. “Se eu tivesse visto (nos filmes) alguém com um corpo igual o meu quando eu era uma criança, isso teria sido certamente transformador”, explica Michaela.

Publicidade

Fotos: PlusSizePrincessProject/Instagram/Reprodução 


Veronica Raner
Jornalista em formação desde os sete anos (quando criou um "programa de entrevistas" gravado pelo irmão em casa). Graduada pela UFRJ, em 2013, passou quatro anos em O Globo antes de sair para realizar o sonho de trabalhar com música no Reverb. Em constante desconstrução, se interessa especialmente por cultura, política e comportamento. Ama karaokês, filmes ruins, séries bagaceiras, videogame e jogos de tabuleiro. No Hypeness desde 2020.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Richarlison da seleção, ao falar sobre apagão no Amapá, mostra mais consciência do que autoridades