Futuro

Sci-fi da vida real: empresa ‘compra rostos’ para fazer máscaras hiper realistas

Vitor Paiva - 30/11/2020 | Atualizada em - 05/03/2021

A máxima de que, dependendo do valor oferecido, tudo em verdade está à venda é levada ao máximo pela empresa japonesa Kamenya Omoto, uma fábrica e loja de máscaras hiper-realistas que está oferecendo cerca de 380 dólares (equivalente a pouco mais de 2 mil reais) para comprar… seu rosto. Essa não se trata de uma afirmação completamente literal, visto que a pessoa que fizer negócio com a empresa não terá de abrir mão da própria face, mas o fato é que a empresa pretende pagar para reproduzir rostos alheios em suas máscaras.

Baseada em Tóquio, a Kamenya Omoto pretende vende as máscaras hiper-realistas por uma pequena fortuna: o preço de sair por aí com outro rosto é de 940 dólares, equivalente a mais de 5 mil reais. Caso a máscara de um determinado rosto se revele popular, o “dono” original daquele rosto passará a ganhar uma porcentagem das vendas. A ideia do projeto intitulado “That Face” (Aquele rosto, em tradução livre) é de oferecer um certo toque de ficção científica ao negócio das máscaras, a partir da ideia de se comprar e vender rostos.

A ideia de vender os direitos de imagem do próprio rosto pode parecer exótica e próxima ao bizarro, mas o imenso interesse em participar do projeto prova que, em verdade, talvez de fato tudo esteja mesmo à venda. A participação no “That Face” é restrita aos moradores de Tóquio com mais de 20 anos, e a identidade original dos rostos não é revelada. “Nós compramos e vendemos seu rosto”, diz o site da Kamenya Omoto, onde é possível realizar a pré-compra de uma máscara.

“É uma história de ficção científica que se torna realidade. Ninguém ainda sabe o que acontecerá em um mundo cheio de rostos iguais ao seu”, diz. Na mesma medida que a ideia é interessante, ela também é um tanto assustadora – como são as próprias máscaras, conforme mostra o vídeo abaixo.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Metrô de Londres: montagem compara estação de Baker Street em 1863 e 2020