Criatividade

Açucena produziu minidoc para contar como adotou um bode: ‘Tá maluco é, peste?’

Redação Hypeness - 08/12/2020

O jovem de hoje em dia pega dinheiro e compra droga, eu pego dinheiro e compro um bode.” A história de Açucena Cerqueira, de Senhor do Bonfim, cidade a 400 km de Salvador, viralizou no TikTok e nas redes sociais justamente por ser daquelas do tipo “inacreditável” que a internet nos proporciona. Ainda mais contada como a jovem de 19 anos fez: quase um minidoc

Ademara Barros, a pernambucana que faz caricaturas críticas de estereótipos nacionais no TikTok

Açucena e o namorado, Lucas, seguram o bode Bento: filho.

Em um sábado como qualquer outro, a jovem acordou e foi até o centro da cidade com a intenção de comprar algo para si. Ao chegar lá, passou pela feira e encontrou um senhor que vendia três bodes. Imediatamente impactada pelos animais, decidiu comprar um deles para levar para casa com a intenção de cuidar do bicho. 

Eu queria levar todos (para casa), mas eu só tinha R$ 70. Um estava deitado, o outro estava meio mole e Bento estava lá, cabeçando todo mundo. Eu pensei: ‘Eu quero é esse’. Ele custava R$ 80. ‘Oxi… Mas, meu filho, tá muito caro… não vou comer o bicho não’”, ela conta, sobre o diálogo com o vendedor dos bodes. 

Brasileiro passa das 10 milhões de visualizações em 1º viral do Tik Tok

Com um desconto, ela comprou Bento, nome inspirado em um dos personagens da Turma da Mônica e surpreendeu o pai, seu Marinaldo, que ficou em choque com a situação. “Meu pai virou pra mim e falou ‘Que merda é essa que você trouxe, tá louca?”, narra a jovem. 

Seu Marinaldo não aceitou ficar com Bento em casa e Açucena teve que voltar a feira para tentar devolver o bichinho. “O feirante se negou a aceitar o Bento de volta. Pensei, ‘me lasquei, vou perder R$ 70 e não tenho onde deixar o coitado do bode’. Aí eu e Lisandra (sua amiga) ficamos sentadas lá na feira debaixo de sol gritando: ‘Ó o bode, alguém quer comprar um bode’ Quando eu fui comprar tinham cinco pessoas querendo comprar um animal, aí quando eu tentei vender ninguém quis”, conta, em entrevista ao “Uol”. 

Seu Marinaldo segura o ‘netinho’: ele teve que aceitar o bode em casa.

Até que outro feirante apareceu para fazer a proposta de levar Bento por R$ 25 mais um quilo de carne de rim. Ela disse que era pouco e o possível comprador aumentou a oferta acrescentando mais um sarapatel. Açucena negou e decidiu conta sobre a história de Bento pra mãe, que mandou a jovem voltar com o animal para casa porque ela iria se entender com o marido. Foi só assim que Bento conseguiu viver na casa dos Cerdeira. O animal tem até madrinha, Lisandra, que ajudou Açucena em toda a empreitada. 

Bailarino nigeriano de 11 anos ganha bolsa de estudos internacional graças a vídeo viral

Cuidados com o bode 

Açucena tomou todos os cuidados para dar uma boa vida ao bode Bento. Ela o levou ao veterinário para entender como estava a saúde do animal e como deveria cuidar dele enquanto estivesse na sua casa. Na primeira semana, ela se assustou pois Bento estava muito magro e não comia nada direito. 

À procura de um lar definitivo para Bento, Açucena buscou possíveis adotantes nas redes sociais, sem sucesso. Até que lembrou de um amigo, Lucas (cujo apelido é Cobrinha), que aceitou levar o animal por R$ 50.

Bento agora vive na chácarra da família de Lucas, mas já voltou para passar uns dias com Açucena em sua casa. “Fui buscar o Bento e quando eu vi ele cheiroso, feliz e gordo, fiquei muito, muito feliz. Trouxe ele pra ficar com Pandora (a cachorrinha de Açucena) e tenho certeza que ele reconheceu a casa, porque ele foi direto pra fruteira”, diz a jovem, diagnosticada com depressão, que tem Bento como seu salvador. “O bode salvou a minha vida. Fui ajudar e acabei sendo ajudada.

Publicidade

Fotos: Arquivo pessoal


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Barman em casa: utensílios para quem quer aprender a fazer drinks profissionais