Arte

Agenda Hype em casa: Virada Cultural, Festival Mana e Alceu Valença com Orquestra Ouro Preto

por: Gabriela Rassy

Mais uma semana de programação deliciosa para curtir em casa, desta vez com dois festivais de muito respeito nos destaques. A Virada Cultural de São Paulo ataca em formato online com shows de Elza Soares, Arnaldo Antunes, Criolo, Gloria Groove, MC Kekel e Renan da Penha, e muito mais. Já o Mana chega com sua versão 2.0 homenageando a rainha Dona Onete com shows, painéis de debate, oficinas, mostra de videoclipes e projeções mapeadas.

Nos lançamentos, Mariana Cavanellas solta o lindo EP duplo Tudo Vibra. No cinema, a mostra de cinema russo abre caminhos para conhecermos novos e premiados trabalhos.

Vem na minha!

#lives

Festival MANA 2.0 | twitch.tv/festivalmana
12 a 19 de dezembro
Grátis
Mulheres indígenas, negras, cantoras, instrumentistas, rappers, produtoras, técnicas, jornalistas. No MANA 2.0, o protagonismo é delas. As múltiplas vozes, ritmos e vivências femininas que fazem o mercado da música girar, desde os bastidores até o palco, se reúnem na programação totalmente gratuita e online. São mais de 40 mulheres da Amazônia e de diversas regiões do Brasil no evento, que traz shows, painéis de debate, oficinas, mostra de videoclipes e projeções mapeadas nos centros urbanos do Brasil. Este ano, o projeto traz surpresas especiais e homenageia Dona Onete, compositora e cantora que se tornou símbolo da cultura paraense e desponta internacionalmente como grande mestra do carimbó chamegado. Destaques para os shows em formato intimista de Tulipa Ruiz (SP) e MC Tha (SP), além do show das Suraras do Tapajós, o primeiro grupo de carimbó formado por mulheres indígenas. Confira a programação completa aqui.

https://www.instagram.com/p/CIRnPpABjWt/

16ª edição da Virada Cultural
Dias 12 e 13 de dezembro
Grátis
A Prefeitura Municipal de São Paulo apresenta a 16ª edição da Virada Cultural, que neste ano tem o mote “Tudo de arte, nada de Aglomeração”. São mais de 400 atrações, entre atividades on-line e intervenções urbanas, distribuídas por todas as regiões de São Paulo, sem aglomeração de público, e pelo mundo, com transmissão virtual. Além das ruas e da Internet, a Virada está em 6 teatros, 9 centros culturais, 13 casas de cultura e 22 bibliotecas espalhadas por todas as regiões da cidade. Destaque são os shows que serão transmitidos do Theatro Municipal de São Paulo, como os de Elza Soares e Flavio Renegado, Arnaldo Antunes, Criolo, Gloria Groove, MC Kekel e Renan da Penha, Elba Ramalho, o Quarteto de cordas da cidade de São Paulo, a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo e o Terceiro Encontro Nacional de Mulheres na roda do samba, com Mart’nália e Fabiana Cozza. Nos 2 dias de evento, com a bicicleta equipada com o sistema de som, o Bikesystem levará música brasileira e a importante mensagem de se proteger e proteger o próximo. Além disso, o coletivo irá distribuir máscaras, álcool em gel e kits para a lavagem das mãos para pessoas em situação de rua. A performance por ser vista online no sábado, às 21h e domingo, às 14h.

Festival de Chorinho e Sanfona de Rosal 2020 | youtube.com/firjansesi
De 10 a 13 de dezembro, às 19h30
Grátis
O Festival chega este ano à 10ª edição, adaptado ao contexto da pandemia com programação toda online. O evento abre com a exibição do documentário “Rosal – 10 Anos de Música e Afetos”, na quinta. De sexta  a domingo, serão exibidas as apresentações inéditas dos músicos Marcelo Caldi, Silvério Pontes e Dudu Oliveira, gravadas em Rosal, especialmente para a edição deste ano do Festival, promovido pela Firjan SESI.

Orquestra Ouro Preto e Alceu Valença
Domingo, dia 6 de dezembro, 17h30 e 19h
Grátis
A Orquestra Ouro Preto faz duas lives em sequência, transmitidas diretamente da histórica cidade mineira. Tudo sob a batuta do Maestro Rodrigo Toffolo, com participação de Alceu Valença e do violonista Carmelo de Los Santos. Às 17h30, a Academia Orquestra Ouro Preto interpreta um ícone do barroco musical no templo do barroco arquitetônico mineiro. O concerto “As Quatro Estações”, de Vivaldi, será transmitido da Igreja de São Francisco, cujos adornos estão para Aleijadinho e Mestre Ataíde como a Capela Sistina está para os renascentistas. O solista convidado é o violinista gaúcho radicado nos EUA, Carmelo de Los Santos. Das quatro estações diretamente para a Estação da Luz, a Orquestra Ouro Preto convida Alceu Valença para apresentarem juntos o aclamado “Valencianas”, que reúne obras do cantor e compositor pernambucano adaptadas para a música de concerto. Transmitida da Casa da Ópera, o mais antigo teatro em funcionamento na América Latina, a partir das 19h, a live tem um componente especial. No palco, Alceu e a Orquestra Ouro Preto interpretam “Anunciação”, “Belle de Jour”, “Tropicana”, “Como Dois Animais”, “Cavalo de Pau”, “Tomara”, “Pelas Ruas Que Andei”, “Eu Vou Fazer Você Voar”, entre outras, além da ”Suíte Valenciana” e versões orquestrais de temas como “De Janeiro a Janeiro” e “Estação da Luz”.  O concerto tem regência de Rodrigo Toffolo, arranjos de Mateus Freire e direção de cena de Paulo Rogério Lage.

Fest.AR – Graffitis Apagados de São Paulo
28 de novembro a 28 de dezembro
Grátis
Reconhecida mundialmente por sua relevância na cena de arte urbana, São Paulo recebe a primeira edição do festival, que conta com a participação de obras de artistas das diferentes linguagens da arte urbana que marcaram a vida cultural da cidade nas últimas quatro décadas. “Um celular na mão, uma nova perspectiva em arte” é a proposta do festival que ocorre de  em um circuito virtual que, para ser experienciado, precisa ser realizado em uma caminhada pelas ruas da capital paulista. Para vivenciar o Fest.AR, o interessado precisa baixar gratuitamente o aplicativo em seu celular. O Fest.AR é um evento icônico por promover o resgate do patrimônio histórico cultural de São Paulo a partir da refação virtual de obras efêmeras como graffiti, lambe- lambe, letras, bombing, serigrafia e estêncil, em pontos da Avenida Paulista, Rua da Consolação e centro, que foram apagadas pelo tempo e pelo movimento natural desta grande cidade. O aplicativo indicará os locais dos antigos grafittis através de geolocalização. Ao direcionar seu celular para o local indicado, será possível visualizar a obra que um dia esteve naquele local, fotografá-la e filmá-la, inclusive, consigo no cenário, como se fosse realidade atual, proporcionando um encontro dos tempos.

Ação Camomila | plataforma Zoom e YouTube do festival
10 a 13 de dezembro
Grátis
Em agosto e setembro, a Guria Produtora realizou uma jornada digital e gratuita de autoconhecimento e cultura, o Festival Camomila. Aulas de yoga, meditação, musicais e palestras entraram em cena durante quatro semanas. Agora, também online – formato adaptado para o momento de pandemia -, a Guria prepara o Ação Camomila, uma nova programação repleta de atividades artísticas. Além disso, 2020 é marcado pelo lançamento da Pólen Aceleradora, que nasce com a proposta de ser uma ponte entre a música potiguar feita por mulheres e a expansão para novos horizontes. Entre as as bandas selecionadas estão: Luísa e os Alquimistas; Juliana Linhares com produção da baiana Josyara; Coco de Rosa (produção musical de Tiquinha Rodrigues e Khrystal); Projeto Retrovisor (Valéria Oliveira, Luiz Gadelha, Ângela Castro, Simona Talma e Khrystal); e Projeto Flor de Cactos.

#lançamentos

Mariana Cavanellas | EP duplo Tudo Vibra
Quando nasce uma criança, a potência de uma nova mulher também nasce com ela. A experiência de se tornar mãe evoca a atmosfera de uma menina interna que coabita um mesmo corpo e mente. Inocência, sonho, realidade e contemplação se misturam. São essas as reflexões que permeiam o EP duplo de estreia da carreira-solo de Mariana Cavanellas, ex-integrante do grupo mineiro Rosa Neon. Tudo Vibra nasce dividido em duas produções que se complementam: os EPs Noite e Dia, que acabaram de chegar nas plataformas.

Mc Tha – Oceano
“Oceano” fala sobre solidão usando como plano de fundo o mar grande, o oceano e como essa solidão dos oceanos invade dias e noites deixando na superfície dores e traumas.

Igor Liberato | Fala bonito
Guitarras e bateria dão um ar de rock’n roll logo no início de “Fala bonito”, faixa título do novo EP do cantor e compositor Igor Liberato. Mas, essa impressão já é substituída poucos segundos depois por um samba cool, de pegada pop bossanovista. De cara, esses primeiros momentos já conotam a versatilidade e ausência de propriamente uma definição de rótulo no som desse baiano que figura entre um dos mais interessantes nomes da nova cena local. O álbum surfa por estilos que vão entre o pop, o rock, o samba e a MPB numa mesma onda cheia de boas vibrações. Há ali referências principalmente de Jorge Drexler, Harry Styles e Los Hermanos, bem como influências de Billie Eilish, Céu, Dua Lipa, Silva, Mayra Andrade, Rubel, Lívia Nery e Illy.

Guto Brant | Um Sopro
“Quiero el sueño de la revolución”, vislumbra o cantautor mineiro Guto Brant no verso que encerra a canção “Um Sopro”, que ele lança nas plataformas digitais em 10 de dezembro. A música propõe uma reflexão sobre a contemporaneidade nesta reta final de um 2020 globalmente difícil. Sempre reféns das mãos invisíveis do mercado mesmo depois de todo o impacto causado pela pandemia e do perturbador desequilíbrio político mundo afora, quem é que não se identifica com a ideia de uma revolução? “‘Um Sopro’ é uma canção sobre o tempo, sua inexorabilidade e nossa insistência, como geração, em um modo de vida marcado pelo excesso do trabalho e do consumo, repetindo (e acirrando) uma lógica à qual se submeteram as gerações anteriores à nossa”, explica Brant.

Kunumi MC | Força de Tupã
Reconhecido como uma das principais vozes da floresta, o rapper indígena guarani, que carrega a bandeira do RAP Nativo, Kunumi MC, lança a faixa
Força de Tupã em parceria com o artista colombiano Lozk. Essa união foi possível através da iniciativa Latinese, que conecta artistas dos países da América Latina e auxilia na produção de músicas e videoclipes em parceria internacional. Força de Tupã fala sobre a luz de Tupã iluminando a escuridão e, assim, trazendo paz e esperança. Junto com a canção, Kunumi e Lozk lançam, ainda, um videoclipe feito à distância, numa conexão Aldeia Krukutu, onde vive o artista indígena, e Bogotá, cidade onde Lozk mora.

 

#cinema

1º Festival de Cinema Russo – Russian Film Festival
A partir desta quinta, dia 10, até dia 30 de dezembro
Gratuito
Com oito filmes de gêneros diversos, a mostra acontece na plataforma de streaming Spcine Play com legendas locais. Nas animações, os espectadores terão à disposição os filmes totalmente dublados. Para a indústria cinematográfica russa, este é o primeiro projeto online desse tipo, voltado a um público internacional bastante amplo, já que a série de festivais acontece de forma online também na Austrália, México e Espanha. Destaque para “O Homem que Surpreendeu a Todos”, de Natasha Merkulova e Aleksey Chupov, que levou o prêmio de melhor atriz pela atuação de Natalya Kudryashova no 75º Festival Internacional de Cinema de Veneza.

#cênicas

Thiago Alixandre | In-Trópicos
Dias 11 e 12 de dezembro, sexta-feira e sábado, a partir das 19h
Grátis
O trabalho solo mais recente do cantor e bailarino Thiago Alixandre, integrante do Coletivo O¹² e cofundador do Parque da Autonomia, sediado em Votorantim, ganha uma versão para circulação on-line com a exibição de registro inédito da obra, gravada no Sesc Sorocaba, seguida por uma conferência dançada ao vivo que será exibida pelo Zoom. O artista também oferece um workshop gratuito e virtual nos dias 12 e 13 de dezembro, sábado e domingo, das 10h às 12h, com inscrições também realizadas por meio de mensagem pelo Facebook | Instagram, e-mail ou WhatsApp (15 99813-4808).

O Ensaio Invisível | Coletivo de Teatro Off Off Broadway
11 a 20 de dezembro, com sessões de sexta a domingo, às 20h
Grátis – Sympla
O grupo estava ensaiando um novo espetáculo itinerante, mas precisou adaptar tudo para o formato digital para cumprir o cronograma e estrear em 2020. Com direção de Samanta Precioso, O Ensaio Invisível estreia temporada on-line com transmissão em tempo real pelo YouTube. Na trama, após um acidente de causas desconhecidas um grupo de pessoas se reúne clandestinamente. Sem saber exatamente o que estão fazendo, ensaiam uma maneira para o teatro continuar existindo.

Brincando na Praça 2020 | Muda Cultural
Dias 11, 12, 13, 18, 19, 20, 26 e 27 de dezembro
Grátis
A edição do festival de Artes Cênicas, Brincando na Praça 2020 acontece de forma online e gratuita pelas plataformas da Muda Cultural. O projeto, voltado ao público infanto-juvenil, conecta por meio da arte e cultura temas importantes como diversidade, sustentabilidade, alimentação saudável, questões sobre equidade racial e de gênero, entre outros. A programação, adaptada de forma online, reunirá a cada dia, sob o comando da mestre de cerimônias Palhaça Rubra, a presença de um grupo de teatro, um grupo de dança, uma intervenção artística e uma oficina. Serão oito encontros que proporcionarão de forma lúdica e diversificada, ensinamentos e entretenimento para as crianças e seus familiares, contribuindo para uma formação cidadã na sociedade.

#visuais

Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio
A partir da próxima quarta-feira, dia 9 de dezembro, a versão digital da exposição estará disponível para acesso completamente gratuito, pelo menos até o fim do mês. O tour virtual à mostra, que está temporariamente fechada para visitas presenciais devido à pandemia do Covid-19, é feito pela plataforma do MIS Experience – equipamento cultural do Estado de São Paulo, criado a partir de uma parceria do Museu da Imagem e do Som (MIS), instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, com a TV Cultura. Após o fechamento dos espaços de cultura de todo o estado de São Paulo no início do ano, o MIS Experience, mais uma vez, inovou, criou e inaugurou a cversão digital da exposição, no mês de agosto. No ambiente online, é possível passear por todas as áreas temáticas da mostra, incluindo a sala de projeção com imagens em 360 graus.

Publicidade


Gabriela Rassy
Jornalista enraizada na cultura, caçadora de arte e badalação nas capitais ensolaradas desse Brasil, entusiasta da cena musical noturna e fervida por natureza.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Paleta de pinturas de 3.400 anos revela vestígios de pigmentos do Egito Antigo