Debate

Anitta chora ao falar de estupro aos 14 anos: ‘Cama cheia de sangue’

Redação Hypeness - 16/12/2020

O primeiro episódio da série ‘Anitta: Made In Honório‘, que estreou nesta quarta-feira (16), na Netflix, começou com revelações importantes por parte da cantora. Ela conta, pela primeira vez, que foi vítima de estupro quando estava em um relacionamento abusivo, aos 14 anos.

“Nunca expus isso em público. Sempre me coloquei numas relações meio abusivas. Quando eu tinha 14 para 15 anos, conheci uma pessoa. Eu tinha medo dele, ele era autoritário comigo, falava de forma autoritária. Eu era diferente quando eu era adolescente, não era como eu sou hoje em dia”, diz Anitta.  

– Anitta é criticada por show na Itália sem máscara em meio ao avanço do coronavírus no Brasil

Anitta chora ao falar de estupro aos 14 anos: ‘Cama cheia de sangue’

Anitta fala sobre estupro 

Chorando, ela deu detalhes do ocorrido.“Ele estava muito nervoso, muito estressado. Eu estava com bastante medo das reações dele e eu acabei perguntando se ele queria ir pra um lugar só nós dois. Rapidamente, na mesma hora, ele parou o estresse dele e perguntou se eu tinha certeza. Eu falei que sim. Mas hoje eu tenho plena certeza que eu falei que sim, porque eu tinha muito medo do estresse dele”, desabafou a cantora.

– Gabriela Prioli e Anitta se unem em live sobre beabá da política

Anitta continua ao dizer que percebeu não estar pronta para ter relações sexuais e que não queria fazer aquilo por medo. “Mas ele não ouviu. Ele não falou nada. Ele só seguiu fazendo o que ele queria fazer. Quando ele acabou, ele saiu, foi abrir uma cerveja e eu fiquei olhando para cama cheia de sangue”.

No desabafo, ela afirma ainda que, durante anos conviveu com a dor de achar que a culpa era dela. “Eu sempre tive medo do que as pessoas iam falar: como ela pode ter sofrido isso e hoje ser tão sexual, ser tão aberta, fazer tanta coisa’. Eu não sei. O que eu sei é que eu peguei isso que eu vivi e transformei em uma coisa pra me fazer sair por cima, sair melhor”.

– Anitta se posiciona em defesa da Amazônia: ‘Pode mandar ameaça e xingar, não me preocupo’

A mãe e o irmão da artista também deram depoimentos sobre o ocorrido com Anitta, afirmando que souberam do abuso. A cantora explica que foi buscando forças para superar o abuso que criou a personagem Anitta (seu nome de batismo é Larissa). 

‘Anitta: Made in Honório‘ é a segunda série da Netflix dedicada a cantora. A primeira é ‘Vai Anitta‘, de 2018, que é falada, em boa parte, em inglês e, com isso, aproximou a brasileira de outros documentários pessoais feitos por estrelas pop como Katy Perry, Lady Gaga e Demi Lovato. A nova série funciona como uma continuação, mas que se distancia – segundo a própria artista – do que foi a primeira leva de episódios.

Publicidade

Fotos: Reprodução / Netflix


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Vereadora do PSOL tem que deixar o país por ameaças de morte