Debate

Atriz de ‘Zorra’ morre de covid-19 enquanto aguardava leito em CTI no Rio de Janeiro

por: Redação Hypeness

A atriz global, produtora, cantora e dubladora Christina Rodrigues morreu vítima de covid-19 nessa quinta-feira (17). A artista estava internada na enfermaria de um posto de saúde no bairro da Tijuca (RJ) e aguardava transferência para um Centro de Terapia Intensiva, mas a alta lotação dos hospitais  na capital carioca dificultou o traslado e ela acabou sucumbindo à doença.

Com apenas 47 anos, Christina teve passagens pelo ‘Zorra’ entre 199 e 2015, além de ter atuado em ‘Malhação Sonhos’, ‘Beleza Pura’ ‘Êta Mundo Bom’. A atriz não era casada, mas tinha uma enteada que tratava com filha e trava como netas as três filhas da enteada.

– Nicette Bruno, intubada e sedada para tratar covid-19 aos 87, está em estado considerado grave

Atriz que participou do Zorra morreu de covid aguardando vaga em hospital no Rio de Janeiro

Já se havia reportado no quarta-feira (17), que Christina aguardava transferência para um leito especial para infectados da covid-19. A demora para internação é apontada como uma das principais causas para a morte de pessoas pela doença.

– Marco Ricca, internado há 15 dias para tratar covid-19, segue intubado em UTI

“Com pesar, informamos que a paciente Christina Maria Rodrigues Teixeira apresentou piora clínica e foi a óbito no fim desta manhã”, informou em nota, a pasta estadual. “Somente nesta quarta-feira (16) ficou constatada a necessidade de um leito de UTI. Fatores dinâmicos como disponibilidade de leitos e quadro clínico dos pacientes impedem que seja determinada a previsão da transferência”, justifica a assessoria de imprensa da Central Estadual de Regulação (CER) do governo do Estado do Rio de Janeiro.

O estado do Rio de Janeiro mantém uma fila de cerca de 500 pessoas por leito especial de coronavírus e funcionários da saúde estão com os salários de dezembro atrasados. Em 8 de dezembro, a fila para leitos na rede pública chegou a 491 pessoas e mais da metade delas precisavam de terapia intensiva, com cuidados especiais como respirador e ecmo.

– Eduardo Galvão, morto aos 58 anos vítima de covid-19, é homenageado por Angélica: ‘Difícil’

O Rio de Janeiro teve 222 mortes pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas e mais de 4 mil casos da doença foram confirmados. A segunda onda na cidade continua, mas poucas medidas restritivas foram implantadas pela gestão Crivella na capital carioca ou pelo governador em exercício, Cláudio Castro.

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Polícia prende ladrões que abriam túmulos e roubavam crânios para rituais nos EUA