Debate

‘Detratores’: veja nomes de jornalistas e influencers em lista de monitoramento do governo

por: Redação Hypeness

Que nome se dá ao governo que classifica seus opositores como “detratores” e recomenda o monitoramento de discurso de alvos específicos nas redes sociais? Uma planilha obtida pelo jornalista Rubens Valente, do UOL, mostra que o governo federal está mapeando jornalistas, intelectuais e influenciadores digitais contrários à política econômica do Ministério da Economia.

– Paulo Guedes reitera discriminação contra domésticas: ‘‘Com dólar baixo empregada ia à Disney’ 

Ministro Paulo Guedes contratou empresa que fez lista de detratores do governo, pedindo monitoramento de influenciadores e intelectuais que critiquem o Ministério da Economia

Diversos perfis de redes sociais foram mapeados pela BR+ Comunicação, que recebeu R$ 2,7 milhões de reais para prestar serviços de assessoria para o Ministério da Economia. Em uma planilha, ela divide uma série de influenciadores e intelectuais em três categorias: detratores, neutros e favoráveis.

– Desmonte do SUS: decreto anuncia privatização da atenção básica em retrocesso histórico 

A ideia de o governo monitorar ‘detratores’ lembra bastante as práticas de regimes autoritários que se focam no combate aos subversivos. O vazamento causou revolta nas redes sociais:

O banco de dados produzido pela empresa tem como foco promover “boas notícias” sobre as ações do Ministério da Economia e tem como meta a redução da oposição contra a política econômica do ministro Paulo Guedes. O documento cita diversas ações para amenizar o impacto dos influenciadores, recomenda monitoramento de alguns e ainda cita críticas que os opositores do governo fizeram contra Guedes.

– Saúde mental e democracia: a importância de defender o SUS começa pela mente

A empresa BR+ Comunicação pediu desculpas pelo uso do termo detratores: “Nosso padrão de monitoramento, que é uma técnica comum e utilizada por todas as assessorias, utiliza as expressões ‘Negativo’, ‘Positivo’ e ‘Neutro’. Pedimos desculpas ao cliente e aos influenciadores pelo mal entendido, que, reiteramos, já foi sanado”, afirmou em nota.

Confira a lista de “detratores do governo”

  • Jessé de Souza, sociólogo
  • José Fernandes Junior, professor de direito
  • Guga Chacra, jornalista
  • Nathália Rodrigues, youtuber conhecida pelo canal Nath Finanças
  • Eduardo Moreira, empresário
  • Vera Magalhães, jornalista
  • Hildegard Angel, jornalista
  • Jones Manoel, historiador
  • Cynara Menezes, jornalista
  • Silvio Almeida, professor de direito
  • João de Andrade Neto, jornalista
  • Rachel Sheherazade, jornalista
  • Claudio Ferraz, economista
  • Emir Sader, filósofo
  • Guilherme Caetano, jornalista
  • Palmério Dória, jornalista
  • Flávio VM Costa, jornalista
  • Márcia Denser, jornalista
  • Conrado Hubner, professor de direito
  • Gustavo Nogy, escritor
  • Guilherme Macalossi, jornalista
  • Brunno Melo, jornalista
  • Claudio Dantas, jornalista
  • Carol Pires, jornalista
  • Felipe Neto, influenciador e youtuber
  • Xico Sá, jornalista
  • Rodrigo Zeidan, economista
  • Luis Augusto Simon, jornalista
  • Marco Antonio Villa, historiador
  • Lucas Paulino, advogado
  • Igor Natusch, jornalista
  • João Carvalho, historiador
  • Sabrina Fernandes, socióloga
  • Pedro Meneses, jornalista
  • Joel Pinheiro, formado em filosofia (também aparece com favorável ao governo)
  • Lula Falcão, jornalista
  • George Marques, jornalista
  • Lucas de Aragão, cientista político
  • Matheus Hector, economista
  • Renan Santos, fundador do MBL
  • Alberto Benett, jornalista
  • Virgínia, advogada
  • João Romero, economista
  • Laura Carvalho, economista
  • Flávio Martins, professor de direito
  • Marcos Botelho, influenciador
  • Nildo Ouriques, professor de direito
  • Tiago Luís Pavinatto, professor de direito
  • Rubens Valente, jornalista
  • Luis Nassif, jornalista

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Britânico não pode entrar na Holanda com sanduíche e ouve: ‘Bem-vindo ao Brexit’