Debate

Empresa de filho de Bolsonaro tem sede em camarote e reunião fora da agenda com ministro

Yuri Ferreira - 03/12/2020

O filho do presidente, Jair Renan Bolsonaro, foi privilegiado por seu pai em negócios privados segundo reportagem da revista Veja. Nesse ano, o estudante de direito de 22 anos abriu um escritório em um camarote do estádio Mané Garrincha, em Brasília.

– Bolsonaro nega anúncio de vacina do Ministério da Saúde: ‘Não compraremos vacina da China’

Escritório de luxo de Renan Bolsonaro no Estádio Mané Garrincha foi aberto durante a pandemia

Trânsito de 04 com o governo 

A empresa Bolsonaro Jr Eventos e Mídia, presidida por Jair Renan, tem capital social de R$ 105 mil e seu e-mail de contato é brasileiropressor@gmail.com. A firma tem como meta realizar eventos com influenciadores e celebridades, mas, conforme apurado pela Veja, uma das primeiras negociações da companhia se relaciona com uma patrocinadora de Renan e foi facilitada pelo governo federal.

– Após pressão popular, Bolsonaro revoga decreto para privatização da atenção básica

A pedido de um assessor especial do Presidente da República, a patrocinadora de Renan conseguiu uma reunião com o ministro Rogério Marinho (PSDB), chefe da pasta de Desenvolvimento Regional. A empresa capixaba sentou-se com Marinho fora da agenda oficial e a reunião contou com a participação do filho de Bolsonaro. A pasta confirma que o pedido da reunião foi feito pela Presidência da República. Opositores acusam Bolsonaro de tráfico de influência.

Além disso, sabe-se que um dos principais articuladores do empreendimento do filho do presidente foi Luís Felipe Belmonte, milionário de extrema-direita que organiza e coordena a fundação do partido Aliança Pelo Brasil, tentativa fracassada da formação de um partido de extrema-direita alinhado com os ideais do presidente Bolsonaro.

– Ratinho teria ganhado R$ 268 mil de Bolsonaro para defender reforma da Previdência

Foi Belmonte que articulou também um preço mais barato para o aluguel do escritório no Estádio Mané Garrincha, que recebeu jogos da Copa do Mundo de 2014. As boas relações entre o empresário e o consórcio garantiram uma economia para o empreendimento de Jair Renan.

“Dei uma pequena ajuda no começo, para fazer a montagem do camarote onde funciona a empresa. Foi de uns 10 mil reais mais ou menos”, afirma Belmonte à Veja.

Um case de sucesso, né?

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.