Viagem

O quarto de hotel com uma estrada de tijolos dourados inspirado em ‘O Mágico de Oz’

Vitor Paiva - 08/12/2020 | Atualizada em - 16/02/2021

Se há um local inspirado em “O Mágico de Oz”, há uma coisa acima de todas as outras que ele precisa ter: uma estrada de tijolos amarelos. A “Yellow Brick Road” imortalizada nos livros de L.

Frank Baum mas principalmente no filme de mesmo nome, dirigido por Victor Fleming e lançado em 1939, como não poderia deixar de ser, se faz presente no quarto do hotel The Roxbury, em Nova York, cuja decoração e tema são inspirados no universo de Oz – há uma estradinha amarela cruzando o quarto ao meio.

Para transportar os hóspedes para o mundo de Oz, a decoração não se restringiu aos tijolos – pelo contrário, tudo é maximizado em tonalidades ricas de verde, dourado e brilho, com direito ao também indefectível par de sapatinhos vermelhos vestidos por Dorothy no filme, sobre a cama em formato de almofada. No banheiro, um mural com uma flor de papoula venenosa nos lembra do “Campo de Papoulas da morte”, presente no filme e no livro.

Além disso, um mural em grande dimensão mostra o caminho de tijolos amarelos seguindo até a Cidade das Esmeraldas, no horizonte, capital de Oz. “O objetivo é se distanciar do típico minimalismo dos hotéis modernos na direção de uma espécie de maximalismo”, diz o site do hotel. “Contanto que se ofereça limpeza e conforto sempre, com elegância e qualidade, nós aprendemos que a maioria das pessoas deseja uma experiência diferente, única”, diz o comunicado.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é mestre e doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Publica artigos, ensaios e reportagens, é autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Jeanne Baret: a primeira mulher a dar a volta ao mundo (disfarçada de homem, claro!)