Debate

Robinho aparece preocupado em novas gravações: ‘Oito cara ‘rangaram’ a mina’

Redação Hypeness - 11/12/2020

Condenado em segunda instância pela Justiça Italiana por estupro coletivo o jogador Robinho, ex-atacante da Seleção Brasileira, teve novos áudios vazados. As gravações obtidas durante o processo judicial e divulgadas pelo UOL mostram que o jogador estava consciente da situação da vítima, confirmam o estupro coletivo com a participação de oito pessoas e ainda indicam que Robinho aconselhou um amigo – que participou do crime – a fugir do território italiano para não ser preso.

Robinho foi condenado em duas instâncias por estupro e novos áudios comprometem defesa de atacante

Em outubro desse ano, o nome de Robinho havia voltado às páginas policiais e desportivas da mídia brasileira: o atacante foi contratado pelo Santos Futebol Clube e a opinião pública criticou a decisão do clube em fechar acordo com um jogador condenado em primeira instância por estupro coletivo. A gota d’água foi o vazamento de transcrições dos áudios de Robinho com os amigos confirmando que havia cometido atos libidinosos e que ela [a vítima] estava “completamente bêbada”.

– Juíza italiana revela violências de Robinho contra vítima de estupro

Estupro coletivo em Milão 

Em janeiro de 2013, o atacante estava com alguns amigos na boate Sio Café, em Milão. Uma jovem albanesa comemorava seu aniversário junto do grupo de homens. Conforme declaração de Robinho, foram oito homens mais ele abusando sexualmente da jovem que estava embriagada e não tinha consciência para reagir. Em 2017, o atleta foi condenado em primeira instância. Agora,  condenado na segunda instância. Somente a Corte de Cassação, último tribunal de apelação da Itália, pode inocentá-lo. O jogador corre o risco de cumprir mais de 9 anos de prisão.

Nas novas gravações obtidas pela imprensa brasileira, indexadas ao processo em 18 de novembro desse ano, Robinho confirma o estupro coletivo: “Se os caras mandarem eu ir lá depor vai ser foda, vou falar o que pra minha nega? […] Vou lá depor pra quê? Oito cara rangaram a mina […]. Ó que fase que eu tô”, diz.

– Gravações do caso Robinho vazam e confirmam ausência de consentimento

“Vou falar o que pra minha nega?”, disse Robinho em gravações da Justiça italiana

Ele ainda afirma ter recomendo a Ricardo Falco que fugisse do país:.“O Ricardo me ligou e falou ‘Neguinho, os cara me ligaram pra eu ir lá, tu não tem nenhum advogado pra me emprestar, pra me pagar?’ eu falei ‘Advogado? Vou chamar advogado? Não tenho advogado’.” Porque o do Ricardo estava com medo porque, ele tá sem documento nenhum […] é arriscado ele ir e ficar por lá mesmo”, disse.

Em outra conversa com um amigo que participou do estupro, Robinho relata que não penetrou a jovem – fato conhecido; outras gravações afirmam que ele fez sexo com oral com ela – e utilizando termos jocosos como ‘doze’ para pênis e ‘caneleira’ para camisinha. Brincando com um caso de estupro.

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Irmã de Paulo Gustavo se emociona ao falar de saudade