Arte

Festival seleciona cinéfilo para assistir filmes por 1 semana em farol perdido no meio do mar

Vitor Paiva - 13/01/2021 | Atualizada em - 05/03/2021

Quem sonha em ter um tempo longe de tudo para poder passar os dias somente assistindo um filme atrás do outro, pode ter encontrado o trabalho dos sonhos: o festival sueco de cinema  Göteborg Film Festival está à procura de alguém para passar uma semana devidamente isolado por uma semana para assistir os 60 filmes que que compõem o festival. Pode parecer o trabalho perfeito para uma época de quarentena em plena pandemia, mas aqui quando se fala em isolamento, o sentido é o mais extremo possível: quem for selecionado para a tarefa será enviado para um farol em pleno Mar do Norte.

© Göteborg Film Festival/divulgação

Intitulada The Isolated Cinema (ou “o cinema isolado”, em tradução livre) o nome da iniciativa é preciso, e busca ilustrar as novas condições nas quais infelizmente o festival terá de acontecer em 2021 por conta da pandemia: sem festas, sem sessões lotadas, sem público – esse será o próprio tema do evento. “O foco do festival nesse ano, Distâncias Sociais, irá explorar o novo mundo que surgiu da pandemia”, explica a divulgação no site do Göteborg Film Festival. “O que um filme significa para nós quando estamos isolados de todo o resto? Para investigar, estamos abrindo um cinema novo em folha: no meio do oceano”.

© Göteborg Film Festival/reprodução

Assim, a ação irá enviar uma pessoa para a ilha de Pater Noster, localizada no estreito de Escagerraque, ao largo da província sueca de Bohuslän, a noroeste de Marstrand no arquipélago de Göteborg – que, por sete dias sem telefone, sem amigos, sem família, irá assistir às 60 estreias do festival, e reportar a experiência em um diário em vídeo, que será “exibido” para o mundo.

Comida, bebida e todo tipo de suprimento necessário será fornecido pelo festival, que levará a pessoa selecionada de barco até o local – “no limite do arquipélago, em uma das localidades mais áridas e expostas ao vento de toda a Suécia”.

A ilha de Pater Noster, na Suécia © Getty Images

Trata-se, portanto, de um festival de cinema exclusivo no meio do oceano – como morar em uma sala de exibição com um só lugar e dentro de um farol por uma semana. A experiência do “Cinema Isolado” acontecerá entre os dias 30 de janeiro e 6 de fevereiro, mas quem se interessar deverá enviar um email para paternoster@goteborgfilmfestival.se até o dia 17 de janeiro. As perguntas mais frequentes sobre a iniciativa estão disponíveis no site do festival.

© Getty Images

Publicidade

© fotos: créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.