Debate

Henri Castelli volta atrás e admite espancamento ao mostrar ferimentos graves: ‘Boca pendurada’

Redação Hypeness - 12/01/2021

Numa sequência de vídeos para o site Hugo Gloss, o ator Henri Castelli, de 42 anos, chocou os seguidores nesta segunda-feira (11), ao afirmar ter sido agredido. Ele também mostrou hematomas – de maneira externa e interna, por meio dos exames. 

Henri Castelli mostra ferimentos provocados por agressão

– Clipe de cantora gospel com mulher que perdoa agressão do marido é criticado por normalizar violência

Henri Castelli volta atrás e admite espancamento ao mostrar ferimentos graves: ‘Boca pendurada’

Henri acabou desmentindo a própria versão, dada em entrevista à revista Quem no último dia 30, de que teria se machucado na academia. Dessa vez, o ator diz estar pronto para “expor a verdade” e começa o relato negando ter se envolvido em brigas. “Anunciaram há pouco que eu entrei numa briga em Alagoas, o que não é verdade”, afirmou. 

Segundo depoimento do ator, ele deu entrada na Santa Casa de Alagoas no final do ano por ocasião de um acidente na academia, mas, na verdade, ele foi agredido “sem que eu pudesse reagir ou me defender”, contou.

– Precisamos falar sobre ‘violências’: agressão é só tapa na cara?

– Funcionária de campanha de candidata trans é agredida com mordidas e golpes de bastão

“Eu estava com alguns amigos e, do nada, fui puxado pelas costas, pelo pescoço, jogado no chão e agredido. Vítima de socos e chutes no rosto, que levaram a uma fratura exposta na minha mandíbula. A impressão que eu tinha é de que minha boca estava pendurada naquele momento”, relembrou em depoimento.

Henri Castelli disse que não queria assustar a família

– Léo Lins é comparado a Hitler por advogado de Federação Israelita que pede sua prisão

O ator esclareceu ainda que a escolha de justificar a entrada no hospital como um acidente na academia foi para não assustar a família, caso lessem a história na imprensa. “Minha mãe só soube de tudo quando eu voltei do hospital”, disse ele, afirmando que fez a denúncia numa delegacia e foi até o Instituto Médico Legal (IML) para a realização do exame de corpo de delito.

“Os vídeos serão juntados ao processo. O médico e sua equipe optaram por amarrar a minha boca com um fio de aço para que eu fizesse a cirurgia em São Paulo e pudesse cumprir meus compromissos de trabalho”, detalhou.

– Modelo trans agredida dentro de casa passará por reconstrução facial; polícia identifica suspeito

Ainda de acordo com Henri Castelli, apesar da confusão, ele foi capaz de identificar os agressores. Alguns já foram chamados para prestar esclarecimentos. Ele afirma ainda que perdoa as pessoas que o machucaram e diz “não ter raiva nenhuma”. Após repercussão do caso, Henri voltou à web para agradecer os fãs pelo apoio e contar que passou por cirurgias de maneira bem-sucedida.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram/Hugo Gloss


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Máscaras de lote vencido em 2004 são entregues a profissionais da saúde indígenas