Inovação

McTrem: ascensão e queda do ambicioso plano do McDonald’s para conquistar as ferrovias

Vitor Paiva - 22/01/2021 | Atualizada em - 05/03/2021

Os arcos dourados do logotipo do McDonald’s simbolizam a mais bem sucedida rede de restaurantes do planeta – mas até mesmo o maior sucesso da história de uma indústria tem limites. Foi isso que o advento de um vagão de trem transformado em uma filial da lanchonete – e não um vagão parado e tornado em um restaurante, mas sim um vagão de fato e em movimento, que por um breve período foi experimentado  na Alemanha no início dos anos 1990. O “McTrem”, como ficou conhecido, cruzava longas viagens pela paisagem alemã, para descobrir que gerenciar um restaurante em um vagão é bem diferente de fazer num local comum – e parado – mesmo se tratando do amado McDonald’s.

McTrem, o vagão de trem transformado em uma filial do McDonald's na Alemanha nos anos 1990

O McTrem alemão começou a ser testado em 1992, em parceria experimental estabelecida entre o gigante da junk food e a Deutsche Bundesbahn, empresa federal de controle das ferrovias no país. Em dois vagões foram instaladas as fritadeiras, máquinas de café, de refrigerante e outros equipamentos em cozinhas de 25 metros quadrados. No inverno de 1993, a DB permitiu que os vagões passassem a oficialmente cruzar o país sobre trilhos na linha Hamburg-Berchtesgarden, servindo os clássicos lanches ao longo dos mais de 33 mil quilômetros da ferrovia.

McTrem, o vagão de trem transformado em uma filial do McDonald's na Alemanha nos anos 1990

Três diferentes cardápios eram servidos – café da manhã, almoço e jantar – com as ofertas conhecidas no mundo todo e também algumas especialidades locais exclusivas do McDonald’s alemão, como espaguete e as tradicionais salsichas vienenses. Os lanches podiam ser pedidos diretamente nas cabines ou no próprio vagão-restaurante, que oferecia 27 lugares sentados. Os problemas, no entanto, começavam antes mesmo do vagão começar a se mover: na percepção geral do povo alemão sobre os alimentos oferecidos pela lanchonete.

Interior do McTrem, o vagão de trem transformado em uma filial do McDonald's na Alemanha nos anos 1990

Apesar do sucesso do McDonald’s na Alemanha e nos países da Europa oriental à época, o fato é que a maior parte da população enxergava os sanduíches e bebidas da lanchonete como de baixa qualidade, prejudiciais à saúde e, no caso do McTrem, servidos em um contexto no qual a população estava acostumada a receber alimentos de boa qualidade.

McTrem, o vagão de trem transformado em uma filial do McDonald's na Alemanha nos anos 1990

Como se não bastasse, a parceria se revelou custosa e pouco lucrativa para a DB: o consumo de energia era dobrado, a operação do restaurante era complicada e difícil em movimento, e um detalhe nada irrelevante: se um funcionário se atrasasse, ele simplesmente não embarcaria – e o McTrem ficaria sem o seu serviço por toda a viagem.

McTrem, o vagão de trem transformado em uma filial do McDonald's na Alemanha nos anos 1990

Depois de dois anos de muitas críticas e pouco sucesso, a Deutsche Bundesbahn decidiu romper o acordo com o McDonald’s, e encerrar as atividades do McTrem. Volta e meia, no entanto, fotos do insólito empreendimento ressurgem na internet, como documentos de uma época que provavelmente jamais irá retornar.

McTrem, o vagão de trem transformado em uma filial do McDonald's na Alemanha nos anos 1990

Quem viveu, conta – sobre como era assistir a paisagem alemã passando pela janela, saboreando um Big Mac e um Milk Shake com batatas fritas em uma imensa filial do McDonald’s em movimento.

McTrem, o vagão de trem transformado em uma filial do McDonald's na Alemanha nos anos 1990

Publicidade

© fotos: The Drive/reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é mestre e doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Publica artigos, ensaios e reportagens, é autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Pets: com volta ao normal, escritórios no Reino Unido passam a permitir cães no trabalho