Debate

Polícia acha corpo de jovem retirada à força de churrasco por ex acusado de feminicídio

Redação Hypeness - 13/01/2021

A Polícia Civil encontrou, nesta terça-feira (12), um corpo mutilado e boiando numa praia da Ilha do Fundão, na região da Favela da Kelson’s, no Rio de Janeiro. O corpo está no Instituto Médico Legal e há suspeitas de que se trate de Bianca Lourenço, de 24 anos, que estava desaparecida desde o dia 3 de janeiro

O suspeito do crime é Dalton Vieira Santana, tido como o chefe do tráfico de drogas na comunidade da Kelson’s e ex-namorado de Bianca. A motivação para o feminicídio teria sido ciúmes após ela ter postado fotos de biquíni nas redes sociais. As imagens foram publicadas no mesmo dia em que a jovem desapareceu.

Bianca desapareceu no mesmo dia em que postou foto de biquíni

– Feminicídio só revolta quando vítima é branca e rica; imprensa segue culpando a vítima

Não aceitava fim de relação 

Segundo testemunhas, Bianca teria sido morta por Dalton, que não aceitava o fim do relacionamento. Elas afirmam que a jovem foi assassinada na comunidade pelo ex-namorado, ou a mando dele. A polícia ainda não confirmou nenhuma das versões, mas informou que a última vez em que o casal foi visto em público, a jovem estava sendo retirada pelo ex-namorado à força de um churrasco com amigos

– O que é a ‘defesa da honra’ e como ela legitima os feminicídios no Brasil

De acordo com as investigações, após retirar Bianca do local no domingo (3), Dalton seguiu para a favela. A partir daí, ninguém soube mais nada da jovem. Quatro dias após o desaparecimento, o pai de Bianca foi até a favela onde Bianca desapareceu para falar com o ex-namorado da filha.

“Para todos, ele falou que matou ela. Não falou para mim, mas falou para outros. Falou que tinha colocado ela num carro, e que tinha mandado ela embora. Mentira. Que ela já tinha que estar aqui em casa há muito tempo, se isso fosse verdade”, afirmou.

Epidemia de feminicídio escancara o machismo estrutural da sociedade brasileira

Na manhã desta quarta (13), a Polícia Militar confirmou que agentes do 17º Batalhão (Ilha do Governador) foram acionados para uma ocorrência na Ilha do Fundão e encontraram um corpo a partir de informações repassadas pelo Disque Denúncia. 

Publicidade

Foto: Reprodução/Twitter


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Cid Moreira fala sobre suspeita de maus-tratos contra mulher; ex-caseiro confirma versão dos filhos