Ciência

Vacina contra covid-19 começa dia 20, dizem prefeitos; estes são os documentos necessários para se imunizar

por: Redação Hypeness

Após reunião com o Ministério da Saúde nesta quinta-feira (14), prefeitos de diversas cidades do país afirmaram que, de acordo com o ministro Eduardo Pazuello, a vacinação contra a covid-19 começará em todo o território nacional na quarta-feira (20).

A a concretização da data depende da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberar o uso emergencial das vacinas Coronovac e Astrazeneca. A decisão da agência reguladora sai no domingo (17), em reunião que será transmita ao vivo pela internet. Mas, no melhor dos cenários, o Ministério da Saúde irá iniciar a vacinação contra o novo coronavírus no Brasil ainda neste mês. 

– Vacina Coronavac tem eficácia de 78% contra covid-19, diz estudo do Brasil; dados são enviados à Anvisa

Quais documentos preciso para me vacinar? 

As datas programadas para o aguardado começo da imunização em massa, de acordo com o Ministério da Saúde, são entre 20 de janeiro e o início do mês de março. Para se preparar para este grande momento, elencamos os documentos que irão garantir a vacinação e evitar qualquer problema no dia D, na hora H

Antes de mais nada, o Ministério da Saúde informa que, a rigor, nenhum brasileiro deixará de receber a vacina contra a covid-19, mesmo que não apresentem qualquer documento na hora de receber a dose. No entanto, para que a pasta possa controlar a aplicação dos imunizantes, é necessário apresentar ou o número do CPF ou da Carteira Nacional de Saúde (CNS). 

– Argentina começou vacinação; Brasil apresenta 3 datas sem agenda fixa

Brasil deve iniciar vacinação contra covid-19 no dia 20 de janeiro

Vamos lá, para se vacinar é bom levar RG ou CPF. Caso não tenha, serve a certidão de nascimento ou casamento. Ainda é possível apresentar o número do PIS/PASEP. Em algumas cidades, também será necessário portar algum comprovante de residência.

O Cartão Nacional de Saúde (CNS), conhecido popularmente como cartão do SUS, não será exigido para a vacinação, informa o Ministério da Saúde. Os que não tiverem o registro serão cadastrados na hora, mas para isso é preciso saber o número do CPF, que deve ser apresentado no posto de saúde. Para emitir um Cartão SUS, basta ir (com toda segurança do mundo) até a unidade de saúde mais próxima de você ou à secretaria de saúde municipal. Ele fica pronto na hora. 

– Governo suspende compra de seringas para vacina contra covid-19 até que preços ‘voltem à normalidade’

Segundo o Plano de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19, divulgado pelo Ministério da Saúde, todos os dados de todos os brasileiros e brasileiras vacinados serão inseridos no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI).

A plataforma vai registrar informações como o local onde cada um foi imunizado, o número de CPF ou do Cartão SUS, a data de nascimento e da vacinação, nome da vacina e do fabricante, assim como tipo de dose, número de lote e validade do imunizante.

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Missões espaciais mais aguardadas do ano incluem pouso em Marte e asteroide duplo