Debate

‘Visibilidade trans’: semana teve parlamentar alvo de tiros e vereadora perseguida na Câmara

Redação Hypeness - 29/01/2021

O 29 de janeiro é o dia da visibilidade trans. O primeiro mês do ano, na verdade, é um mês utilizado pela comunidade LGBTQIA+ para falar sobre a vida de pessoas transexuais no Brasil. Entretanto, se vimos importantes conquistas políticas nas últimas eleições para essa população, a transfobia e o racionarismo mostraram seus dentes podres numa semana tão simbólica.

As vereadores da São Paulo, Erika Hilton e Carol Iara, ambas do PSOL, foram alvos de ataques violentos nessa semana. Ambas registraram boletins de ocorrência e estão necessitadas de escolta de segurança.

Erika Hilton foi ameaçada por sujeito nomeado ‘Garçom Reaça’

Transfobia na política 

Durante as eleições municipais em 2020, uma funcionária que trabalhava na campanha de Erika Hilton já havia sido vítima de violência ao ser agredida com mordidas e golpes de bastão. Em janeiro, Erika Hilton abriu um processo contra 50 pessoas que a atacaram nas redes sociais. Segundo a sexta vereadora mais votada da capital paulista, um dos acusados, autodeclarado ‘Garçom Reaça’, invadiu seu gabinete na Câmara Municipal e fez ameaças contra a sua integridade física na terça-feira (22).

“Na última terça feira, 22/01, o denominado Garçom Reaça, que admitiu ter sido uma das 50 pessoas que me atacou nas redes sociais, tentou entrar no meu gabinete para ter um encontro comigo. Com ele, máscara e bandeira com símbolos religiosos e trabalhava no Círculo Militar”, afirmou a parlamentar nas redes sociais.

– Marielle, semente! Mulheres negras eleitas provam que luta da vereadora não foi em vão

Erika é a primeira vereadora trans eleita na maior cidade brasileira e foi a mulher mais votada para a Câmara no pleito de 2020. Hilton pediu escolta da GCM e também está acompanhada de um segurança particular.

A Câmara afirma que as imagens de câmeras de segurança “não detectaram ameaças à segurança da vereadora Erika Hilton”, mas disse ter enviado os registros a autoridades policiais. “Sobre o pedido de escolta feito por ela, a parlamentar tem o direito de comissionar dois servidores de outros órgãos públicos para atuação em seu gabinete e pode utilizar esses comissionamentos inclusive para a indicação de GCMs para esta função”, se manifestou em nota à imprensa.

Caso Carol Iara

Carol Iara faz parte de um mandato coletivo do PSOL. A vereadora intersexo, travesti e soropositiva é uma das covereadoras da Bancada Feminista. Ela foi vítima de um ataque a tiros em sua casa, na última terça-feira (26)

Iara registrou um Boletim de Ocorrência na Polícia Civil. Ela também já prestou depoimento às autoridades e aguarda a continuidade das investigações.

Vereadoras da Bancada feminista do PSOL; Carol Iara foi vítima de violência

Residência de Carol Iara foi alvejada com dois tiros durante a madrugada da última terça-feira (26)

Imagens de câmeras de segurança mostram que um carro parou em frente à residência da covereadora. Ela afirma que dois disparos foram feitos e depois os autores figuram no veículo. 

“Tudo indica que foi do portão que atiraram para a parede da minha sala, quando percebi esses dois sinais de tiros. E naquele momento eu percebi que não era algo do acaso, não era uma bala perdida. Percebi que a minha casa foi alvejada, não sabemos ainda por quem, por qual motivo, mas uma covereadora, de mandato coletivo, que é uma mulher negra e trans, está sendo ameaçada na maior cidade do país”, afirmou Carol Iara ao SP2.

– Sementes de Marielle: Talíria Petrone leva a política de mulheres negras para Brasília

Erika Hilton, colega de casa, enviou uma mensagem de carinho para sua camarada de parlamento e exigiu segurança da Câmara.

É lamentável que na semana da visibilidade trans, duas vereadoras negras e trans sejam vítimas de violência. É necessário que esses casos sejam apurados e que os responsáveis sejam punidos. Transfobia é crime e não pode mais ser aceita no nosso país.

Publicidade

Fotos: Montagem/Reprodução/Instagram e Divulgação/Agência Câmara


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.