Inspiração

Whindersson fecha 3 aviões com ventiladores pulmonares e faz mais por Manaus do que muitas autoridades

Redação Hypeness - 15/01/2021

O comediante Whindersson Nunes está mobilizando uma força-tarefa junto de diversos artistas para doar ventiladores pulmonares e oxigênio para a cidade de Manaus, que está sofrendo com um desabastecimento geral de oxigênio e material hospitalar por conta da superlotação nas UTIs causada pela pandemia de coronavírus na capital amazonense.

Entenda a situação: Manaus está sem oxigênio em hospitais que ‘viraram câmara de asfixia’, diz pesquisador

Simone, Tirullipa, Gusttavo Lima, Tatá Werneck, Whindersson e Luciano Huck estão doando verba e apoiando saúde pública manauara

Whindersson está arrecadando o valor equivalente aos cilindros de oxigênio. Ele também enviou três aviões com ventiladores pulmonares mecânicos que auxiliam no tratamento dos pacientes. Esses equipamentos são essenciais para a sobrevivência não só de pacientes com covid-19, mas, por exemplo, para crianças pré-maturas que estão na incubadora.

– General responsável pelo Enem morre de covid-19 e reforça apelo para adiamento do exame 

Ele organizou uma vaquinha junto com pessoas famosas. Além dos supracitados, Paulo Coelho, DJ Alok, a dupla Jorge e Mateus e Marília Mendonça também aderiram à corrente de doação comandada por Whindersson Nunes. Os jogadores Richarlison (Everton-ING), Paulinho (Bayer Leverkusen-ALE) e Antony (Ajax-HOL) foram outros que colaboraram com a doação do valor de cilindros em dinheiro.

“Mobilizando três aviões pra levar equipamentos hospitalares e 50 aparelhos BIPAP (ventilador pulmonar), já que não podemos transportar cilindros! Indo primeiro aos hospitais pequenos! Vai dar certo! Vamos em busca das possibilidades!”, anunciou através do Twitter.

Whindersson tem recebido apoio de diversas outras figuras para fazer o transporte dos materiais à Manaus. O destino, hospitais que estão necessitando, com urgência, do gás oxigênio e de outros equipamentos hospitalares. Há profissionais contratados para executar essa logística.

Inércia do governo federal

O governo federal transferiu dinheiro para Manaus. Entretanto, o problema não é a falta de verba, mas o esgotamento produtivo de empresas que fazem gás oxigênio. O apoio no transporte e na obtenção de mais oxigênio para os hospitais da capital manauara poderiam ser realizados pelo Ministério da Saúde, mas não foram.

Restou à Venezuela prestar solidariedade e apoio ao governo amazonense. Ontem, o Ministro das Relações Exteriores do país vizinho anunciou o envio de oxigênio para Manaus:

A situação está longe de ser resolvida. Entretanto, a preocupação dos cientistas é que o colapso observado em Manaus se alastre para outras cidades do Brasil, especialmente quando observamos as novas variantes mais contagiosas e danosas da covid-19.

– Governo suspende compra de seringas para vacina contra covid-19 até que preços ‘voltem à normalidade’

A Justiça decidiu pelo adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio após o colapso da saúde em Manaus, mas o governo federal recorreu da decisão e pretende aplicar a prova mesmo com a crise sanitária sem precedentes no país.

Evite aglomerações. Use máscara. Cobre as autoridades. A pandemia está longe de acabar.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.