Inspiração

10 Mil Passos: vídeo incentiva vida saudável com jovem bailarina prodígio

Vitor Paiva - 26/02/2021 | Atualizada em - 05/03/2021

Segundo a Organização Mundial da Saúde, um dos importantes princípios para se manter uma vida saudável são as atividades físicas – medidas por um mínimo de 10 mil passos por dia como caminho para um corpo saudável. Para tornar essa meta em campanha e incentivar as atividades físicas, a ONG sueca Generation Pep convidou a bailarina prodígio Lilyana Ilunga, de 9 anos, para dançar seus 10 mil passos em 3 minutos – bailando de sua casa até a escola ao som da canção dos franceses do Justice.

Cena do vídeo com Lilyana Ilunga

Bailarino nigeriano de 11 anos ganha bolsa de estudos internacional graças a video viral

A iniciativa Dance 10.000 parte da Suécia para ser uma iniciativa global de promoção de uma vida saudável e contra o sedentarismo, principalmente entre crianças. “Sabemos que as crianças e os jovens em muitos países não fazem exercício suficiente, uma tendência que infelizmente se agravou durante a pandemia”, comentou Carolina Klüft, gerente de operações da ONG.

“Mas o importante não é o número exato de passos ou os 10 mil em questão, mas sim a necessidade de se mover todos os dias. Todos os passos contam”, afirmou.

5 atividades físicas inusitadas que prometem tornar seu verão mais divertido

Ilunga no vídeo dança ao ritmo de uma nova versão do hit “D.A.N.C.E”, lançado originalmente em 2007. A ideia é mostrar, pelos movimentos incessantes da jovem e brilhante bailarina, que desde a hora de acordar até a hora de dormir nossos movimentos são determinantes – e podem ser apreciados com a mesma intensidade e o prazer com que se dança uma batida contagiante.

Em tempos de pandemia, assistir somente ao vídeo já pode ser incentivo suficiente para levantar e começar a dançar.

Dança do Passinho se torna patrimônio cultural do Rio de Janeiro

Publicidade

© fotos: reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.


X
Próxima notícia Hypeness:
Escolas de samba: você sabe quais são as agremiações mais antigas do Brasil?