Diversidade

5 mitos e verdades sobre cuidados íntimos da mulher

Patrocinado por: Namore-se
Redação Hypeness - 25/02/2021 | Atualizada em - 09/03/2021

Quando falamos em saúde vaginal e sexualidade feminina vemos que o assunto ainda é permeado de estigmas. Isso reflete no conhecimento das mulheres sobre o próprio corpo e acaba as afastando do próprio órgão genital.

A falta de autoconhecimento é um dos fatores que impede as mulheres de terem acesso a informações sobre cuidados íntimos. Isso pode ainda comprometer a qualidade da vida sexual de grande parte delas.

A pesquisa ‘Os estigmas da Vagina‘ mostra que 25% das brasileiras não têm o costume de tocar a própria vagina. Além disso, 68% das brasileiras possui algo que não gostam na própria vulva, e isso coloca o nosso país no topo da lista de intervenções cirúrgicas íntimas.

Pensando na importância da educação sexual e do prazer feminino, o Hypeness se uniu à Intimus para dar algumas dicas sobre os cuidados íntimos da mulher.

Se olha, se toca

Pode parecer besteira, mas conhecer seu corpo é super importante para monitorar a saúde e ver se a sua ppk continua saudável e poderosa. Sem medo de ser feliz, pegue um espelhinho e se observe. Você é a primeira a cuidar da sua saúde!

Que delícia o verão

Ficar de biquíni o dia todo é uma delícia, mas devemos ter cuidado com as peças úmidas. Se for passar muitas horas na praia ou na piscina, leve uma troca de roupa para não permanecer com a calcinha molhada o dia inteiro e aumentar a proliferação de bactérias.

Xô, bactéria!

Por falar nelas, o ciclo menstrual é uma fase que pede cuidado extra com a saúde da região íntima. Foi pensando nisso que a Intimus desenvolveu o primeiro absorvente e o primeiro protetor diário com tecnologia antibacteriana que previne em até 99,9% o crescimento de bactérias no produto.

Meu absorvente, meu ciclo

A escolha do absorvente é bem pessoal, mas tem sempre um para cada situação do dia. O absorvente interno é perfeito para dias de sol, mar e piscina – só devemos trocá-lo a cada 4 horas. Já o protetor diário pode te acompanhar sempre, já que não tem a barreira plástica dos absorventes menstruais, permitindo a ventilação e evitando que a região genital fique abafada.

Livre, leve e solta

Roupas muito apertadas podem prejudicar a saúde íntima da mulher por dificultarem a transpiração do local e desregularem a flora vaginal. Alterne o uso de calça jeans e peças mais justas com outras mais cômodas.

 

Publicidade

Fotos: Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.