Debate

Baleias jubarte vivem insegurança alimentar em nova crise provocada por emergência climática

Vitor Paiva - 11/02/2021 | Atualizada em - 04/03/2021

O possível declínio na reprodução das baleias-jubarte pode ser efeito das mudanças climáticas, como parte do impacto da ação humana sobre o meio ambiente – mais precisamente sobre os oceanos. Essa é a sugestão de um estudo realizado por pesquisadores da unidade de estudos com mamíferos marítimos da Universidade de St. Andrews, na Escócia ao longo dos últimos 15 anos com jubartes fêmeas do Golfo de St. Lawrence, no Canadá: a queda no número de filhotes nascidos estaria diretamente ligada à elevação do nível do mar nessa região do Atlântico Norte, que estaria reduzindo a presença do peixe Arenque, importante fonte de alimentação para as baleias.

Uma baleia-jubarte

Uma baleia-jubarte © Getty Images

Segundo as pesquisas, 39% dos casos de gravidez entre as fêmeas jubarte não foram bem sucedidas, o que representou uma grande queda na reprodução da espécie entre 2004 e 2018. “As informações reunidas sugerem que o declínio no sucesso da reprodução se deve, em parte ao menos, ao fato das fêmeas estarem incapazes de acumular a reserva de energia necessária para manter a gravidez e/ou cumprir as demandas energéticas da lactação em períodos com pouca oferta de presas”, escreveu a pesquisadora Joanna Kershaw, em artigo se referindo à queda no número de arenques na região.

Cardume de arenque

Cardume de arenque © Getty Images

As baleias-jubarte por um tempo foram vistas como animais especialmente resistentes às mudanças climáticas, “contornando” os efeitos através de mudanças migratórias em busca de locais mais apropriados e com maior oferta de alimentos. O quadro detectado no Golfo de St. Andrews, porém, sugere que tal resistência é mais limitada do que se esperava – e que o impacto das mudanças climáticas já alcança mesmo tal espécie especialmente resiliente.

O salto da baleia-jubarte

O salto da jubarte no Atlântico Norte © Getty Images

O novo estudo corrobora uma pesquisa anterior, realizada por cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, que sugeria quadro similar entre baleias da região. Nesse estudo, o impacto das mudanças climáticas nas águas dos oceanos do sul do planeta teria reduzido drasticamente a oferta de animais como o krill e os copépodes, antes abundantes na região, e que servem como importante fonte de alimento para as baleias. A queda na oferta de alimento aumentou a competição entre as baleias e reduziu também a reprodução nas águas australianas.

O rabo da jubarte

O rabo da jubarte © Getty Images

Publicidade

© fotos: Getty Images


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutor em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Negacionismo: motoristas do Uber relatam ameaças e agressões por pedirem que passageiros usem máscara