Inspiração

Bernie Sanders entrevistando dois jovens punks no shopping em 1988 quando era prefeito da cidade

por: Vitor Paiva

Entre os anos de 1981 e 1989, Bernie Sanders, atual senador dos EUA pelo estado de Vermont, trabalhou como prefeito da cidade de Burlington, a mais populosa de seu estado. No momento em que assumiu a cadeira, porém, Sanders decidiu por em prática e da forma mais direta seu compromisso de escutar e dialogar com a população – e começou a apresentar um programa no canal de TV comunitário da cidade chamado “Bernie Speaks”, no qual conversava diretamente com os moradores. Tais vídeos naturalmente foram sendo redescobertos e passaram a fazer sucesso na internet conforme o político foi se tornando um verdadeiro norte e uma liderança para a esquerda estadunidense – em especial um episódio em 1988, no qual conversa com dois jovens punks em um shopping da cidade.

Bernie Sanders entrevistando os dois jovens punks em 1988

Bernie Sanders entrevistando os dois jovens punks em 1988 © reprodução

Os dois jovens, Michelle e Mike, conversam com o então prefeito sobre identidade, sociedade, suas roupas e seus olhares sobre o mundo – em um posicionamento deliberado de desafiar o estabelecido. “É basicamente afirmar que podemos fazer o que quisermos, e não importa. Eu posso ser ‘punk rock’, se você quer me chamar assim. Eu não gosto do jeito que a sociedade é comandada”, diz a jovem, para um interessado e receptivo Bernie Sanders – então com 47 anos – que pergunta sobre o significado de suas roupas e de sua aparência. “Você está dizendo pro prefeito que a lei a ordem não importam?”, brinca Sanders, em evidente tom cômico.

Bernie em seguida pergunta sobre quais aspectos ela não gosta na sociedade atual, e como ela gostaria de ver as coisas serem transformadas. “As pessoas não têm a cabeça aberta. Acham que uma sociedade estável precisa ser regida pelo dinheiro, as pessoas precisam morar nos subúrbios, ter comportamentos e roupas socialmente aceitáveis, e eu não acredito em ter que pertencer a algo para ser aceita”, ela diz.

Bernie Sanders entrevistando os dois jovens punks em 1988

© reprodução

“É um bom ponto, eu gostei do que você disse”, comenta o então prefeito da cidade. A conversa segue em reflexões sobre o verdadeiro sentido de democracia, suas falhas, depressão, comunismo, liberdade e mais. “Muito obrigado pelas suas opiniões”, conclui o prefeito.

Bernie durante as primarias para se tornar candidato à presidência pelo Partido Democrata

Bernie durante as primarias para se tornar candidato à presidência pelo Partido Democrata © Getty Images

O vídeo pode ser visto como um documento de época e um registro até mesmo engraçado do comportamento singular tanto dos jovens quanto do senador, mas é em verdade um belo, simples e funcional exemplo de um comportamento diferenciado por parte de um político que hoje se tornou uma das mais importante lideranças progressistas dos EUA: se abrir de forma concreta e objetiva a conversar com a população para qual trabalhava como prefeito no final da década de 1980.

Mike e Michelle, os dois jovens entrevistados por Bernie, hoje em dia

Mike e Michelle, os dois jovens entrevistados por Bernie, hoje em dia © reprodução

Não por acaso, passados 21 anos, no início do ano passado um dos jovens, Mike, foi descoberto e entrevistado – e ele estava trabalhando como voluntário na campanha de Bernie Sanders para se tornar candidato à presidência pelo Partido Democrata – em pleito primário vencido por Joe Biden, que viria a se tornar presidente do país.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicidade

© fotos: reprodução/créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
10 Mil Passos: vídeo incentiva vida saudável com jovem bailarina prodígio