Reverb

Cantor com a voz mais profunda do mundo alcança notas que ouvido humano não detecta

Vitor Paiva - 17/02/2021 | Atualizada em - 05/03/2021

Quem costuma acordar com a voz especialmente grave pode imaginar como serão as manhãs do cantor estadunidense Tim Storms, detentor de recorde registrado no Guinness pela “nota mais grave já produzida por um ser humano”. O marco foi estabelecido por Storms em 30 de março de 2012, quando o cantor atingiu um Sol-07, a 0.189 Hz, incrivelmente oito oitavas abaixo do sol mais baixo de um piano normal. Para tal, é preciso utilizar um analisador de frequências em um ambiente controlado, já que a nota é praticamente impossível de ser captada pelo ouvido humano.

A artista alemã que consegue cantar duas notas ao mesmo tempo

O próprio Storms confirma que para alcançar o G-07 de seu recorde ele precisa sentir a nota, já que ele mesmo não a consegue ouvir. seu talento foi percebido quando ele tinha somente 8 anos, e descobriu que conseguia cantar as notas mais baixas junto com um coral cristão. Desde então ele passou a cantar como basso profondo em corais e gravações, mas sua capacidade literalmente sobre-humana só foi descoberta por um otorrinolaringologista anos depois, quando percebeu que Storms tinha cordas vocais especialmente longas – quase o dobro das cordas “normais” – assim como percebeu uma movimentação especial dos músculos aritenóides ao redor das cordas.

O inusitado motivo que fez Freddie Mercury cantar de forma tão fantástica

Curiosamente o cantor afirma que não tinha a voz especialmente grave durante a adolescência, e que só alcançou tal profundeza quando se tornou adulto – e assim segue, com o passar dos anos, sua voz se tornando mais e mais grave. Se sua habilidade lhe garante a singularidade de seu canto e uma bela carreira no ramo das locuções, é possível, portanto, que ele mesmo seja capaz de quebrar seu impressionante recorde em alguns anos.

Esse não é, no entanto, o único recorde estabelecido por Storms no Livro dos Recordes: o cantor também é dono da maior extensão vocal já registrada por um ser humano – compreendendo dez oitavas no total.

Conheça a história do homem que dedicou a vida a quebrar recordes

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutor em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Especiais


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Música das aranhas: experimento transforma fios das teias em instrumentos musicais