Debate

‘Contribua com sua vida para salvar a economia’, diz prefeito de Porto Alegre sobre isolamento

Redação Hypeness - 26/02/2021

O Hospital das Clínicas de Porto Alegre confirmou, nesta quarta-feira (24), a superlotação de leitos nas unidades de terapia intensiva (UTI), tanto na ala dedicada a covid-19, quanto nas demais. As vagas estão sendo ocupadas por pacientes com o novo coronavírus.

Um dia depois da notícia do colapso no sistema de saúde da capital do Rio Grande do Sul o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), insistiu no discurso que coloca a economia à frente de vidas. Como se lojas e restaurantes pudessem ser frequentados por fantasmas. Durante o apelo meio capenga para a que a população mantivesse o isolamento social, o prefeito pediu que os cidadãos porto-alegrenses refletissem e, caso necessário, contribuissem “com sua vida para salvar a economia”.

– BH veta consumo de bebidas alcoólicas em bares para diminuir avanço de covid-19

Prefeito de Porto Alegre coloca economia à frente de vidas

‘Contribua com sua vida’

Sebastião Melo, que é mais um dos apoiadores de Jair Bolsonaro mesmo com o descontrole absoluto da pandemia por parte do governo federal, ameaçou fechar estabelecimentos não essenciais para garantir a redução de circulação de pessoas caso não houvesse diminuição das aglomerações.

O prefeito anunciou de concreto o não funcionamento de museu e espaços culturais, além do aumento da frota de ônibus para o transporte público e determinou o trabalho remoto para servidores públicos de Porto Alegre. 

“Tivemos uma profunda discussão, de fechar parques, praças e orlas. Queremos fazer um apelo à população. Não ocupem os espaços públicos. Nós não vamos, em um primeiro momento, fechar a Orla, mas se a população não atender o pedido do governo, nós vamos fechar. Não gostamos de fazer nada por decreto. Contribua com sua família, sua cidade, sua vida, para que a gente salve a economia do município de Porto Alegre”, disse Mello em entrevista coletiva.

– África do Sul: ‘Não somos um laboratório’, diz embaixador ao rebater racismo e detalhar lockdown mais rígido do mundo

Sebatião Melo pediu, na mesma coletiva de imprensa, que os hospitais ampliassem os leitos para pacientes em estado grave por causa da covid-19. Os custos, ele disse, vão ser arcados pela própria administração municipal.

Recorde em POA 

Assim como acontece em outras capitais brasileiras, Porto Alegre vive recorde de internações desde o primeiro caso do novo coronavírus registrado no Brasil há um ano. De acordo com informações da prefeitura, a cidade tem 408 pessoas internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) – maior número em toda a pandemia. Outros 113 doentes com covid-19 em estado grave esperam por vagas em UTIs. Porto Alegre está com taxa de ocupação na casa dos 96,16%.

Confira o víde com a fala do prefeito: 

 

Publicidade

Foto: Reprodução/Prefeitura de Porto Alegre


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Covid: deputados riem após primeiro-ministro citar crença do Brasil em cloroquina