Ciência

Gwyneth Paltrow luta contra fadiga e confusão mental provocadas por sequelas da covid-19

Yuri Ferreira - 17/02/2021

A atriz estadunidense Gwyneth Paltrow está lutando contra efeitos prolongados da covid-19. Através do goop, seu projeto de bem-estar, a estrela de Hollywood afirmou que contraiu o novo coronavírus logo no início da pandemia, mas que ainda sofre com sequelas provocadas pela doença até os dias de hoje.

– Covid-19 pode envelhecer o cérebro em até 10 anos, aponta pesquisa

A atriz – conhecida por seus métodos pouco ortodoxos de bem-estar – afirma ainda sofrer com fadiga do novo coronavírus

Fadiga e confusão mental 

“Eu peguei covid-19 muito cedo e tive alguns efeitos a longo prazo como fadiga e confusão mental”, afirmou Gwyneth através de nota. “Então fui atrás de um dos maiores especialistas que conheço, o Dr. Will Cole. Ele viu meus exames e me explicou que a estrada até a recuperação seria mais longa que o habitual”, disse Gwyneth.

– Após 2 meses na cama, Joelma fala sobre sequelas da Covid-19: ‘afetou minha visão’

A estrela de Hollywood e ganhadora do ‘Oscar’ de Melhor Atriz de 1999 ainda afirmou que aos poucos, com tratamentos alternativos de bem estar como saunas e exercícios físicos, ela foi melhorando, mas que os efeitos são longos.

“Eu tenho cozinhado muito, algumas coisas realmente deliciosas (…) Também estou tomando suplementos, visando um intestino melhor. Tudo o que faço é para me sentir melhor, como um presente para o meu corpo. Eu tenho energia, estou malhando de manhã e fazendo muita sauna, tudo a serviço da minha recuperação”, contou.

Um estudo recente do InCor em parceria com o Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP) relatou que 80% dos pacientes  de covid-19 tiveram problemas de memória e concentração após a recuperação. Em agosto, uma pesquisa da Universidade de Oxford já mostrava que 1 a cada 16 recuperados da covid-19 desenvolviam algum tipo de doença mental.

Outras pesquisas indicam que 76% dos recuperados manifestaram algum tipo de sequela física ou psicológica causada pelo vírus.

– Imunidade de rebanho contra coronavírus ignora riscos de morte e possíveis imprecisões

“O acompanhamento persistente de pacientes que receberam alta com Covid-19 é necessário e essencial, não só para entender a associação entre doenças extrapulmonares e infecção por SARS-CoV-2, mas também para encontrar maneiras de reduzir a morbidade e mortalidade”, afirma o relatório de pesquisadores chineses.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
O telescópio caçador de asteróides para identificar corpos perigosos que ameaçam a Terra