Sustentabilidade

MCO2: como foi o histórico lançamento do token de crédito de carbono que utiliza tecnologia blockchain para salvar o planeta

Redação Hypeness - 23/02/2021

Os créditos de carbono são certificados digitais que comprovam que uma empresa, projeto ou instituição evitou a emissão de CO2 em determinado período – cada crédito de carbono equivale a 1 tonelada não emitido, e os créditos podem ser produzidos, por exemplo, a partir do replantio ou da manutenção de áreas de floresta. Uma vez comprovadas tais atividades e recebido o certificado, esse crédito pode ser vendido para outra empresa que busque neutralizar ou mitigar suas práticas poluentes, a fim de compensar o impacto ambiental de sua atividade através da prática.

Esse é o ciclo virtuoso e sustentável que o crédito de carbono hoje oferece, e é nele que entra em cena o MCO2, um token de crédito de carbono inédito, que reúne a tal processo a segurança e a facilidade da tecnologia blockchain, oferecendo os créditos reais dos certificados para serem comprados como ativos digitais. A oportunidade é de não só ampliar a carteira de ativos digitais de quem compra, mas também efetivamente contribuir para um futuro mais sustentável através do token e seu impacto positivo. 

O Rio Amazonas

O MCO2 foi criado pela MOSS, maior plataforma ambiental do mundo, e passou a ser comercializado no Mercado Bitcoin, a maior plataforma de criptomoedas e ativos digitais da América Latina. Foram para o mercado um total de 1.930.798 tokens como o maior estoque de créditos de carbono reunido em todos os tempos, oferecidos aos mais de 2,2 milhões de clientes da plataforma, e vendidos a uma média unitária, no lançamento, de R$95,00 sujeita às flutuações de oferta e demanda de um mercado como tal.

O lançamento no Mercado Bitcoin aconteceu no último dia 4 de fevereiro, e o sucesso foi tamanho que nas primeiras três horas foram transacionados mais de R$ 6 milhões – e em 24 horas o MCO2 se tornaria o ativo com maior volume negociado na história da plataforma, e o maior projeto de negociação digital de créditos de carbono do mundo até aqui. As quase 2 milhões de toneladas em créditos de carbono em MCO2 equivalem a um mercado de US$ 36 milhões de dólares – em torno de R$ 193 milhões de reais segundo a cotação atual – mas vale ressaltar que há mais de 1 milhão de tokens que irão ao mercado gradualmente.


Em números gerais até aqui o MCO2 representa um impacto positivo sem precedentes: são mais de 869 mil toneladas de CO2 compensados, mais de 943 mil hectares de floresta preservados, e mais de 10 milhões de dólares enviados a projetos na Amazônia. Nas primeiras 24 horas desde o lançamento no Mercado Bitcoin, o MCO2 alcançou 0,5% do volume anual de créditos de carbono de todo o planeta, para se tornar o 4º ativo mais negociado no MB no primeiro dia. Foram 247.059 tokens negociados nos primeiros 4 dias, com mais de R$ 61 milhões em valores negociados na Exchange, alcançando 10% de todo o volume negociado na Mercado Bitcoin – ou, na métrica mais importante de todas, foram cerca de 734 milhões de árvores preservadas.

Trecho do Rio dentro da floresta

A dimensão dos criptoativos lastreados em créditos de carbono da Moss é digna de nota: tais certificados vêm de projetos que conservam 1 milhão de hectares em área verde, equivalentes a 15 vezes o tamanho da cidade de Nova York. Os tokens comprados podem ser armazenados para serem utilizados como compensação de emissões de CO2 futuramente, ou podem ser utilizados na hora – a solicitação de uso pode ser feita diretamente na plataforma da MOSS e devidamente registrada no blockchain da Ethereum. 

Nesse caso o token, ao comprovar a utilização do crédito pela empresa ou pessoa em questão, é “destruído” para concluir seu ciclo e atingir seu objetivo como compensação. Vale frisar que o blockchain é um banco de dados sem uma coordenação central, funcionando para comprovar que determinado ativo existe, e para manter o registro das operações – oferecendo, assim, segurança e transparência ao mercado. Trata-se, portanto, de um ativo com reconhecimento global, se valendo da segurança e da inovação do blockchain para estimular a economia verde e valorizar o que é verdadeiramente importante: o planeta, e um futuro sustentável para todos.

Parte da Floresta Amazônica

 Quem quiser comprar o token ou saber ainda mais sobre a novidade, pode acessar a plataforma da MCO2 aqui.

Publicidade

© fotos: Getty Images/reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.